PJ acredita que Rui Pinto foi o denunciante dos Luanda Leaks

  • ECO
  • 25 Janeiro 2020

Muitos dos documentos do Luanda Leaks fazem parte dos documentos apreendidos ao hacker português. Um dos seus advogados é o fundador de uma plataforma de protecção de denunciantes em África.

A Polícia Judiciária (PJ) acredita que o hacker Rui Pinto poderá estar por detrás dos mais de 715.000 documentos secretos que foram revelados sobre os negócios de Isabel dos Santos — Luanda Leaks. De acordo com a notícia avançada pelo Público, muitos destes ficheiros fazem parte do processo em que o hacker vai ser julgado e, além disso, o seu advogado é um dos fundadores da plataforma que recebeu os documentos.

Na base da convicção das autoridades está o facto de muitos dos ficheiros que foram tornados públicos fazerem parte de documentos que foram apreendidos a Rui Pinto, que estavam guardados em discos rígidos, pens e computadores. Contudo, ainda há muita informação a que as autoridades portuguesas ainda não conseguiram aceder, dado que a maior parte dos discos rígidos estão encriptados com um software.

Mas, além disso, o advogado francês de Rui Pinto, William Bourdon, ser um dos fundadores da PPLAAF, uma plataforma de proteção de denunciantes em África. Recorde-se que o advogado francês Henri Thulliez, outro dos fundador da PPLAAP, já tinha revelado ao Público que esta organização recebeu os documentos em “finais de 2018, inícios de 2019”, altura em que Rui Pinto ainda estava em liberdade na Hungria.

O próprio marido de Isabel dos Santos já tinha acusado o hacker português de ser “o braço armado deste complô” do Luanda Leaks. “Nós sabíamos que várias das nossas empresas tinham sido alvo de um hacker português. Estes documentos foram guardados e estão, hoje, a ser instrumentalizados para controlar por completo os nossos bens no estrangeiro”, disse Sindika Dokolo, em declarações à rádio RFI Afrique.

Comentários ({{ total }})

PJ acredita que Rui Pinto foi o denunciante dos Luanda Leaks

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião