Bruxelas vai criar aliança europeia para hidrogénio verde

  • ECO
  • 9 Março 2020

A Comissão Europeia prepara-se para anunciar uma aliança europeia que promova a produção de hidrogénio a partir de energia renovável à escala europeia. É alternativa aos combustíveis fósseis.

A União Europeia vai ter uma aliança para o hidrogénio verde, numa altura em que Portugal e Holanda discutem a instalação em Sines de um centro produtor deste combustível com energia renovável. O plano deverá ser apresentado esta terça-feira pela Comissão Europeia, junto com uma nova estratégia industrial para o continente, avança o Financial Times (acesso pago).

Segundo o jornal, Bruxelas acredita que o hidrogénio verde é crucial para se atingir a “neutralidade carbónica” na União Europeia e que pode revolucionar setores como o da aviação civil e os transportes. Por isso, o comissário com a pasta do mercado único, Thierry Breton, deverá anunciar um plano para uma aliança que promova a produção de hidrogénio à escala da União Europeia.

Hidrogénio verde é o nome dado ao hidrogénio que é produzido a partir de energia renovável. O hidrogénio pode ser obtido através de um processo de eletrólise da água que requer energia. Se essa energia for gerada a partir do sol, por exemplo, é possível obter um combustível com menos impacte ambiental, diminuindo também a queima de combustíveis fósseis, o principal fator emissor de gases com efeito de estufa para a atmosfera — mitigando, assim, o aquecimento global.

Esta notícia surge numa altura em que tem aumentado o interesse no hidrogénio como combustível alternativo ao petróleo e derivados. Surge ainda depois de se saber que Portugal e Holanda estão a planear a instalação em Sines de um centro produtor de hidrogénio verde para exportação, que deverá assentar na energia produzida por uma nova central solar. João Galamba, secretário de Estado da Energia, considera mesmo que o projeto deverá criar “mais de mil” postos de trabalho na região.

Também em Portugal, a EDP avançou com um projeto-piloto para a produção de hidrogénio na Central Termoelétrica do Ribatejo, junto à antiga central do Carregado. Como anunciou a EDP na altura, o projeto, “que deverá ser apoiado pela União Europeia”, prevê a “produção de hidrogénio a partir de eletrólise numa central de ciclo combinado”.

Vídeo: O que é o hidrogénio verde? Perguntou ao Google, nós respondemos

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bruxelas vai criar aliança europeia para hidrogénio verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião