Neuce lança nova gama de tintas ecológicas

A marca Neuce acaba de desenvolver gama de tintas amigas do ambiente. Chama-se NeuceNature e é feita através de uma matéria-prima de origem renovável que permite reduzir cerca 60% das emissões de CO2.

À semelhança da Barbot, a Neuce acaba de lançar uma nova gama de tintas ecológicas. Chama-se “NeuceNature” e é o resultado de mais de um ano de investigação e desenvolvimento laboratorial.

“Baseada num conceito de balanço de biomassa, a matéria-prima fóssil foi substituída, na sua produção, por matéria-prima de origem renovável“. Com este tipo matéria-prima e esta gama de tintas consegue-se uma redução superior a 60% das emissões de CO2″, explica a empresa em comunicado.

Nesta nova tinta, garante a marca, 100% das matérias-primas fósseis da resina foram substituídas por matérias-primas renováveis. Além disso, por cada kg de resina presente nas tintas da linha NeuceNature evita-se 0,8 kg de emissões de CO2, correspondendo a um decréscimo nas emissões de 60%. Soma-se ainda o “odor ténue e um muito baixo teor de compostos orgânicos voláteis (COV, igual ou inferior a 0,3 gr por litro).

Esta última característica é especialmente importante porque quanto maior o teor de compostos orgânicos voláteis (provenientes de hidrocarbonetos, como o petróleo. por exemplo) nas tintas decorativas, maior é a sua pegada carbónicas e as emissões de gases poluentes para a atmosfera.

Para uma tinta ser considerada ecológica não basta ser à base de água. Além de não conter COV, não deve ter pigmentos à base de metais pesados, fungicidas sintéticos ou derivados de petróleo.

Segundo a empresa, a gama NeuceNature surge dentro da nova geração de tintas, as tintas naturais. “Esta é uma gama de tintas decorativas que resulta da necessidade de revisitar as pinturas tradicionais em união com a modernidade e visão de um futuro sustentável”.

A Neuce produz mais de 400 toneladas de tinta e é o segundo maior grupo de tintas a atuar em Portugal.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Neuce lança nova gama de tintas ecológicas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião