Revista de imprensa internacional

Britânicos convertem fábricas para produzir mais ventiladores. Nos Estados Unidos, a compra de armas e munições dispara.

Mais uma vez, o coronavírus domina as manchetes internacionais. No Reino Unido, para fazer frente à necessidade de ventiladores, algumas fábricas vão ser convertidas para produzir o equipamento. O grupo Inditex decidiu suspender os dividendos, pelo menos até julho, devido aos efeitos da pandemia. Pelos Estados Unidos, os cidadãos estão a correr para as lojas de armas, com medo de que as compras sejam restringidas. Por lá, continuam também as primárias democratas, com Joe Biden a ganhar ainda mais terreno na liderança. Veja estas e outras notícias que marcam a atualidade internacional.

The Guardian

Britânicos convertem fábricas e passam a produzir mais ventiladores

Fabricantes britânicos como a Airbus e a Vauxhall vão passar usar as suas instalações para imprimir em 3D peças para novos ventiladores. Estes equipamentos são urgentes face à propagação de coronavírus também no Reino Unido. Este esforço no sentido da “conversão” das fábricas foi pedido por Boris Johnson e mais de 60 empresas mostraram disponibilidade para produzir 20 mil ventiladores em pouco mais de duas semanas.

Leia a notícia completa na The Guardian (acesso livre, conteúdo em inglês).

Los Angeles Times

Compra de armas e munições dispara nos EUA durante pandemia

As vendas de armas e munições estão a aumentar em muitos estados norte-americanos, nomeadamente na Califórnia, Nova Iorque e Washington, os mais atingidos pelo coronavírus. Mas também houve um aumento nas áreas menos afetadas, com alguns proprietários de armas preocupados que o Governo possa usar seus poderes durante o estado de emergência, declarado por Donald Trump no final da semana passada, para restringir a compra de armas.

Leia a notícia completa no Los Angeles Times (acesso livre, conteúdo em inglês).

Expansión

Inditex tem 287 milhões para enfrentar coronavírus. Suspende dividendos

A Inditex, dona de marcas como a Zara e Massimo Dutti, anunciou a suspensão dos seus dividendos, pelo menos até julho. Para além disso, o grupo espanhol definiu provisões de 287 milhões para lidar com a crise do coronavírus. A pandemia levou ao encerramento temporário de 3.785 das suas lojas, em 39 mercados.

Leia a notícia completa no Expansión (acesso livre, conteúdo em espanhol).

Reuters

Joe Biden mais próximo da nomeação democrata com mais vitórias

Joe Biden alcançou vitórias nas três primárias presidenciais democratas na Florida, Ilinóis e Arizona, expandindo a liderança na corrida para desafiar o atual presidente, Donald Trump, em novembro. Aumenta assim a pressão sobre o rival Bernie Sanders para abandonar a corrida à nomeação democrata.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês).

The Verge

Uber e Lyft suspendem “carpool” devido ao coronavírus

A Uber e a Lyft estão a suspender os serviços de “carpool“, ou seja, partilha da viagem com outro utilizador, em resposta à nova pandemia de coronavírus. A Uber está suspendeu o Uber Pool nos EUA e no Canadá, após uma expansão da política de licença médica paga para motoristas. Enquanto isso, a Lyft suspende a Lyft Line em “todos os mercados “.

Leia a notícia completa no The Verge (acesso livre, conteúdo em inglês).

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião