SunEnergy instala 312 painéis solares em escolas de Viseu

Empresa de energias renováveis instalou 312 painéis solares em cinco escolas do concelho de Viseu. Estes painéis vão evitar a emissão de 60 toneladas de CO2 anualmente.

A SunEnergy instalou 312 painéis solares, com uma potência de 95 kW, em cinco escolas do concelho de Viseu, após ter vencido um concurso público lançado pelo respetivo município. Este projeto vai permitir uma redução de cerca de 60 toneladas de emissões de CO2 anualmente.

“Este é mais um projeto que muito nos orgulha pelo impacto significativo que terá nestas escolas de Viseu, tornando-se evidente a aposta da cidade em procurar combater as alterações climáticas. Tendo a SunEnergy garantido o cumprimento dos requisitos do caderno de encargos do projeto, demonstrámos a nossa capacidade de encontrar soluções de engenharia ajustadas às necessidades de um projeto deste tipo a preços muito competitivos. É com satisfação que caminhamos juntos neste objetivo”, destaca Paulino Oliveira, project manager da SunEnergy.

Estes 312 painéis solares fotovoltaicos foram instalados nas seguintes instituições de ensino: Jardim de Infância e Escola Básica de Jugueiros, Centro Escolar Aquilino Ribeiro, Centro Escolar Arnaldo Malho (Rio de Loba), Centro Escolar Rolando Oliveira (Viseu Norte) e Jardim de Infância e Escola Básica do Viso.

Numa década de vida, a SunEnergy já contabiliza 35 mil painéis solares instalados com uma potência de 10MW, o que equivale a uma redução de 7200 toneladas de CO2 por ano. O ano passado, a empresa portuguesa bateu recordes ao instalar mais de dez mil painéis solares.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

SunEnergy instala 312 painéis solares em escolas de Viseu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião