Covid-19: Jardim Zoológico de Lisboa propõe descoberta virtual do mundo animal

  • Lusa
  • 25 Março 2020

Apesar de o Jardim Zoológico estar encerrado, os visitantes podem, sem saírem de casa, "descobrir o maravilhoso mundo animal", com várias atividades disponíveis no site do Zoo.

O Jardim Zoológico de Lisboa encontra-se “de portas abertas”, apesar de o espaço estar encerrado devido à pandemia de covid-19, e propôs esta quarta-feira “conteúdos inéditos” e “férias da Páscoa” para todos os exploradores da natureza, através da internet.

Sem saírem de casa, os visitantes do Jardim Zoológico podem “descobrir o maravilhoso mundo animal“, desde assistir ao nascimento de uma tartaruga, almoçar com os ursos ou mergulhar com os hipopótamos, atividades que podem ser realizadas à distância de um clique na internet, através de www.zoo.pt.

A partir de quinta-feira e até 18 de abril, os visitantes virtuais vão usufruir de propostas semanais de conteúdos e atividades ou do “ATL virtual”, informou o gabinete de comunicação deste parque zoológico e botânico em Lisboa.

“Na sequência da evolução da pandemia de covid-19, o Jardim Zoológico encerra os portões de Sete Rios. No entanto, apesar de fechado aos visitantes, a vida na morada mais selvagem de Lisboa não para e as novidades serão atualizadas através do canal YouTube, site e blog oficial do parque”, lê-se no comunicado.

Todas as terças-feiras, o Jardim Zoológico vai disponibilizar, no canal YouTube, “vídeos que prometem levar os exploradores em viagem pelos diferentes continentes para conhecer as mais fascinantes curiosidades sobre animais e plantas”.

No blog oficial do parque, todos os exploradores da natureza vão poder alimentar a curiosidade sobre as últimas notícias do mundo animal, informou o gabinete de comunicação, acrescentado que no site do parque continuarão a ser disponibilizadas as mais frescas novidades sobre a “Arca de Noé Lisboeta”, assim como será reforçada a agenda de atividades ‘online’.

Encontro com o Biólogo” é uma das principais atividades disponíveis, oferecendo um programa gratuito para toda a família, com duração de cerca de 40 minutos, através do qual serão abordadas diferentes temáticas relacionadas com a conservação da biodiversidade.

Além dos conteúdos semanais, o Jardim Zoológico quer “levar a magia e diversão do ATL das férias da Páscoa a casa dos participantes”.

A partir de segunda-feira e até 13 de abril, o parque zoológico e botânico em Lisboa convida os exploradores dos 3 aos 16 anos a participar em atividades lúdico-pedagógicas diárias, adaptadas às várias faixas etárias, permitindo que os participantes tenham a oportunidade de “investigar os mistérios da vida selvagem e de se transformarem em verdadeiros guardiões da natureza, sem sair de casa”.

Com estas iniciativas, o Jardim Zoológico pretende “juntar-se às instituições e artistas individuais que colocam os seus serviços à disposição da população, de forma a ajudar pais e crianças a ocupar da melhor forma estes dias de isolamento social”.

Visite o Jardim Zoológico sem sair de casa e deixe-se envolver nos desafios propostos. Durante a quarentena, cumpra as indicações da Direção Geral da Saúde com a certeza de que unidos, temos mais garra!”, lançou o parque zoológico e botânico em Lisboa.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 43 mortes, mais 10 do que na véspera (+30,3%), e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, que regista 633 novos casos em relação a terça-feira (+26,8%).

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 2 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 de 19 de março e até às 23h59 de 2 de abril.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Covid-19: Jardim Zoológico de Lisboa propõe descoberta virtual do mundo animal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião