Mais de 3.600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

  • ECO
  • 31 Março 2020

No espaço de apenas 24 horas, mais do duplicou o número de pedidos de acesso ao regime de lay-off simplificado. Há 3.600 pedidos, revelou Ana Mendes Godinho.

Está a aumentar o número de empresas que pretendem aderir ao regime de lay-off simplificado por causa do novo coronavírus. No espaço de apenas 24 horas, mais do duplicou, revelou a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

Em declarações transmitidas pela RTP3, citadas pelo Diário de Notícias, a ministra indicou que deram entrada um total de 3.600 pedidos de acesso a este regime. Esta segunda-feira, o número era bem menor: 1.400 empresas.

Mendes Godinho não revelou, contudo, qual o número total de funcionários que estas 3.600 empresas vão colocar neste regime em que parte da remuneração dos trabalhadores é assegurada pela Segurança Social.

Criado para aliviar as empresas, numa altura em que muitas delas estão de portas fechadas em resultado do estado de emergência decretado para travar a pandemia, este regime implica que o trabalhador receba dois terços do salário, sendo que 30% é assegurado pela entidade patronal e 70% pela Segurança Social.

O regime implicará elevados custos para a Segurança Social. António Costa, o primeiro-ministro, já tinha avançado que o recurso ao lay-off simplificado iria passar uma fatura de “mil milhões de euros por mês”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de 3.600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião