Já foram detidas 67 pessoas e encerrados 223 estabelecimentos desde renovação do estado de emergência

  • ECO
  • 9 Abril 2020

Em apenas seis dias já foram detidas 67 pessoas por crimes de desobediência e encerrados mais de 200 estabelecimentos.

Em apenas seis dias, desde que o estado de emergência foi renovado, as autoridades já detiveram 67 pessoas por crimes de desobediência e encerraram 223 estabelecimentos, anunciou o Ministério da Administração Interna.

Os números referem-se ao período entre a meia-noite de 3 de abril, altura em que foi renovado o estado de emergência, e as 17h desta quinta-feira, refere o comunicado do Governo. Das 67 detenções, 18 foram por “desobediência à obrigação de confinamento obrigatório, 29 por desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário, oito por desobediência ao encerramento de estabelecimentos, um por resistência e 11 por violação da cerca sanitária de Ovar”.

No que diz respeito aos mais de duzentos estabelecimentos que foram encerrados, estes não estavam a cumprir as normas estabelecidas. Recorde-se que o Governo decretou que apenas serviços de bens essenciais poderiam estar em funcionamento.

Os números desta quinta-feira somam-se aos registados no primeiro período do estado de emergência, em que foram detidas 108 pessoas e encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais. O Governo recorda que, desde que foi decretado o estado de emergência, a GNR e a PSP “têm vindo a desenvolver uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Já foram detidas 67 pessoas e encerrados 223 estabelecimentos desde renovação do estado de emergência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião