CTT em destaque na bolsa. Lisboa segue Europa em recuperação

A tendência de recuperação prossegue nas bolsas europeias, incluindo na portuguesa. CTT destacam-se depois de registarem uma queda ligeira nos lucros de um trimestre marcado pela pandemia.

As bolsas europeias estão a registar ganhos modestos, à medida que mais empresas vão apresentando as contas relativas ao primeiro trimestre de 2020. Os investidores estão atentos a sinais que lancem mais luz sobre o impacto económico provocado pela pandemia e que permitam avaliar melhor que tipo de recessão se ergue no horizonte.

Depois de uma sessão de ganhos nos mercados asiáticos perante a informação de que as exportações chinesas se revelaram mais fortes do que o esperado, o Stoxx 600 está a beneficiar de algum otimismo, registando uma subida de 0,36%. Os índices alemão, britânico, francês e espanhol seguem a mesma tendência, com ganhos entre 0,38% e 0,60%. Em Portugal, o PSI-20 avança 0,23%, para 4.194,82 pontos, suportado na valorização de alguns “pesos pesados” da bolsa de Lisboa.

É o caso da EDP Renováveis, que valoriza 1,09%, para 11,12 euros por ação, depois de se saber que a empresa produziu menos energia mas que os lucros subiram 2% no trimestre, para 62 milhões de euros. Enquanto isso, o BCP soma 0,42%, para 9,59 cêntimos, a Galp Energia ganha 0,34%, para 10,185 euros, e a Corticeira Amorim regista o melhor desempenho da sessão, com um avanço de 2,17%, para 9,41 euros.

Mas os CTT destacam-se com uma valorização de 2,11%, para 2,18 euros, um desempenho registado depois de a empresa postal ter revelado que o lucro do primeiro trimestre desceu ligeiramente, na ordem dos 0,4%, para 3,7 milhões de euros. Cenário diferente no caso da Nos, que perde 1,75%, para 3,26 euros, depois de se saber que o coronavírus atirou a operadora para prejuízos de 10,4 milhões de euros, um resultado que compara com os lucros de 42,5 milhões registados no mesmo período do ano passado.

Evolução das ações dos CTT em Lisboa

Esta quinta-feira espera-se ainda que EDP e REN apresentem resultados trimestrais, sendo já certo que, em março, foi registada uma redução do consumo de eletricidade por causa da pandemia. A elétrica nacional valoriza 0,31%, para 3,912 euros, enquanto a REN perde 0,41%, para 2,43 euros cada título.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT em destaque na bolsa. Lisboa segue Europa em recuperação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião