FINDE.U: Conhecer o mercado de trabalho à distância

A feira de emprego virtual FINDE.U– Find Your Career, a 17 e 18 de junho, organizada pela Universidade do Porto, é uma oportunidade para quem procura emprego ou desenvolvimento de carreira.

A Universidade do Porto vai organizar a feira virtual de emprego e carreira FINDE.U – Find Your Career, a 17 e 18 de junho, dirigida a toda a comunidade académica nacional, com o objetivo de promover o desenvolvimento de carreira ou o primeiro contacto com o mercado de trabalho. Durante dois dias, os visitantes poderão conhecer 100 empresas, os seus processos de recrutamento e até fazer candidaturas espontâneas, num ambiente 100% virtual.

A feira já tem confirmadas empresas como a PWC, Rangel, Fujitsu, Fraunhofer, Ernest & Young, Bosch, Voltalia e Alten.

Tal como as feiras de emprego presenciais, as empresas terão “stands virtuais” para se apresentarem através de vídeos corporativos e nos quais podem interagir com os visitantes, em grupo ou individualmente. Na feira de emprego, também está previsto que decorram entrevistas de recrutamento através de um chat em direto e possibilidades de trabalhar a rede de contactos entre candidatos e potenciais empregadores.

A Federação Académica do Porto organiza, antes da feira de emprego, um conjunto de webinares a 8, 9 e 15 de junho e uma FINDE.U Talk, a 17 de junho, para preparar os visitantes.

As feira é limitada à participação de 100 empresas e se está interessado em participar, pode inscrever a sua através do email carreira@reit.up.pt.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

FINDE.U: Conhecer o mercado de trabalho à distância

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião