Campeonato está de volta. Três “grandes” já jogam no negócio das máscaras

É do Benfica, Porto ou Sporting? Depois dos cachecóis e equipamentos de futebol, os adeptos dos três "grandes" também podem envergar máscaras socais com padrões alusivos aos clubes do coração.

Quase três meses depois de a Liga de Clubes ter decidido suspender todos os jogos dos clubes da primeira e segunda liga, a bola voltou a rolar nos relvados nacionais esta semana, mas sem público e, por enquanto, apenas para os jogos da Liga Nos. E se face à pandemia do novo coronavírus, as máscaras são obrigatórias em determinadas situações do nosso dia-a-dia, também o SL Benfica, FC Porto e Sporting Clube de Portugal apostaram no negócio em ascensão das máscaras reutilizáveis.

Assim, depois dos cachecóis e equipamentos de futebol, os adeptos dos três “grandes” podem envergar máscaras socais com padrões alusivos aos símbolos dos clubes do coração. Sob o lema “equipa-te a rigor, por ti e por todos”, na semana passada, o Benfica lançou uma linha de máscaras comunitárias, com padrões alusivos ao clube, mas não só. Estes equipamentos de proteção estão disponíveis para adultos e crianças por 6,29 euros, sendo que os sócios têm cerca de 10% de desconto: pagam 6,29 euros por unidade.

O SL Benfica lançou várias máscaras sociais com vários padrões alusivos ao clube, tanto para mulher, homem ou criança. Custam 6,99 euros, mas os sócios têm desconto.Fonte: site oficial do SL Benfica

As máscaras destinadas à “utilização por indivíduos no contexto da sua atividade profissional ou nas saídas autorizadas em períodos de cofinamento” podem ser compradas na loja online do Benfica, bem como nas Benfica Official Stores e Casas do Benfica. Têm nível de certificação 3. No futuro, o clube na Luz garantiu que seriam lançados novos modelos.

Também o FC Porto colocou à venda máscaras reutilizáveis “devidamente certificadas” pelo Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário (Citeve), com nível 2. Com dois modelos à disposição (branco e azul) e caracterizadas com o nome do clube, certo é que os adeptos dos dragões vão ter de desembolsar um pouco mais do que os do Benfica. As máscaras custam 7,11 euros para os sócios, ao passo que os restantes adeptos terão que pagar 7,90 euros.

Após cada utilização é aconselhada a lavagem da máscara a 60 °C, sendo que o clube apenas garante 5 lavagens como “o número máximo de ciclos de lavagem em que se garante o desempenho da proteção da máscara”. Segundo informa ainda o site do clube, estes equipamentos de proteção facial foram produzidos na empresa Camorsil e são “ideais para os profissionais que, não sendo de saúde, estão expostos a um contacto com um número elevado de pessoas”. Estão disponíveis na loja online dos azuis e brancos, bem como, na loja localizada na baixa do Porto, na Rua Sá da Bandeira, que se encontra aberta ao público diariamente, entre as 10 e as 19 horas.

Por outro lado, os adeptos do clube de Alvalade vão ter de puxar ainda mais pela carteira. Igualmente certificadas com o nível 3 pelo Citeve, e também com a recomendação de utilização de 5 lavagens, o Sporting têm à disposição na loja online do clube três packs distintos.

O SCP colocou à venda três packs distintos de máscaras têxteis reutilizáveis, sendo que dois deles ainda se encontram em pré-venda.Fonte: site oficial do Sporting Clube de Portugal

Se optar pelo pack “leão”, terá à disposição duas máscaras reutilizáveis por 10,43 euros, já se escolher o pack “jubas”, as duas máscaras ficar-lhe-ão, por 9,03 euros, sendo que estes dois produtos ainda estão em pré-venda. Ligeiramente mais caro, está o pack “leão” de três máscaras, que custa 16,11 euros para sócios e 17,90 euros para os restantes adeptos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Campeonato está de volta. Três “grandes” já jogam no negócio das máscaras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião