Uma a uma, saiba quanto custam as 60 medidas do Programa de Estabilização

O Governo vai gastar 713 milhões de euros no regime que vai substituir o lay-off e 400 milhões na universalização da Escola Digital. Uma a uma, quanto custa cada medida do Programa de Estabilização.

O primeiro-ministro já tinha revelado, na sexta-feira, alguns números do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), que vai servir de base ao Orçamento do Estado Suplementar que será aprovado em conselho de ministros na próxima terça-feira.

Por exemplo, António Costa já tinha anunciado que o prolongamento do ‘lay-off’ simplificado e os apoios que o irão substituir vão custar 2,5 mil milhões de euros. Em entrevista ao ECO, o ministro da Economia também já tinha quantificado em 5 mil milhões de euros o impacto do PEES na despesa do Estado.

Entretanto, o Governo publicou, este sábado, em Diário da República, um despacho que aprova o PEES e elenca todas as medidas dos quatro pilares que fazem parte do PESS: social, emprego, empresas e institucional. O Governo explica, para cada medida, o custo que terá para os cofres do Estado e a forma como cada uma será financiada.

A única exceção é a nova taxa de solidariedade que vai ser paga pela banca e que representa, naturalmente, não uma despesa, mas uma receita de 33 milhões de euros. O ECO faz o levantamento apenas das medidas em que o Governo detalha os custos.

Medidas sociais

Reforço do Serviço Nacional de Saúde

Recuperação da atividade assistencial no SNS
Destinatários: Profissionais de saúde
Montante: 33,7 M (7.7M€ para a recuperação de toda a atividade de primeira consulta perdida e 26M€ para recuperação de 25% da atividade cirúrgica de doentes em LIC acima do TMRG).
Financiamento: OE

Reforço da resposta de medicina intensiva
Montante: 26 M€
Financiamento: OE

Reforço da resposta da rede laboratorial
Montante: 8,4 M€
Financiamento: OE

Valorização dos profissionais do Serviço Nacional de Saúde
Montante: 29 M€
Financiamento: OE
Valorização da saúde pública
Montante: 700 mil euros
Financiamento: OE

Redes de sistemas de informação em saúde
Destinatários: SNS
Montante: Até 6,8 M€
Financiamento: OE

Educação

Universalização da Escola Digital
Destinatários: Alunos e docentes
Montante: 400 M€
Financiamento: Fundos comunitários

Combate à pobreza

Alteração do período de referência no RSI
Destinatários: Beneficiários do RSI
Montante: 14 M€
Financiamento: OE

Subsídio Social de Desemprego (Prorrogação automática das prestações do subsídio social de desemprego até ao fim de 2020)
Destinatários: Beneficiários do SSD
Montante: 12 M€ por mês, 72 ME em 2020
Financiamento: OE

Programa Alimentar
Montante: 20 M€
Financiamento: 18 M€ POAPMC + 2 M€ OE

Reforço das respostas sociais
Destinatários: Instituições da Economia Social
Montante: +12M€ (2º semestre)
Fonte de financiamento: OE 2020 e Jogos Sociais

Programa Nacional Radar Social
Destinatários: Pessoas vulneráveis, nomeadamente pessoas idosas, vítimas de violência doméstica, pessoas com deficiência e crianças e jovens em risco
Montante: 21 M€/ano (inclui 18 M€ FF: +CO3SO Empreendedorismo Social)
Financiamento: OE e Fundos Comunitários

Adaptar Social +
Valor: 10 M€ FF: Receitas Próprias Jogos Sociais

Apoio à juventude e à infância

Reforço do abono de família
Destinatários: Beneficiários do abono de família
Montante: 32 M€
Financiamento: OE

Reconversão de Alojamento Local
Montante: 4,5 M€/ano (+ benefício fiscal de 12,9 M€/ano)
Financiamento: OE

Habitação

Proteção do arrendamento habitacional
Montante: 4 M€ em empréstimos concedidos | 1,5 M€ convertidos em subsídios não reembolsáveis
Financiamento: OE

Bolsa Nacional de Alojamento Urgente e Housing First
Montante: 7,5 M€
Financiamento: OE

Parque habitacional público de habitação a custos acessíveis
Montante: 48 M€ (2020)
Financiamento: OE

Medida para o emprego

ATIVAR.PT Apoios ao emprego, em especial para novos desempregados
Destinatários: desempregados, com especial enfoque em novos desempregados e jovens
Meta: abranger 50.000 novos desempregados e manter taxa de cobertura das medidas de política ativa próxima dos 20% entre 2020 e 2021
Montante: reforço orçamental de 106 milhões de euros IEFP, I. P.
Financiamento: FSE

Majoração de apoio para investimentos de emigrantes e lusodescendentes
Beneficiários: PME e entidades da economia social
Montante: 70 M€
Financiamento: FSE

ATIVAR.PT Formação Profissional
Destinatários: desempregados, com especial enfoque em novos desempregados e jovens
Meta: abranger pelo menos 40.000 novos desempregados e manter taxa de cobertura das medidas de política ativa próxima dos 20% entre 2020 e 2021
Montante: reforço orçamental de 35 milhões de euros IEFP, I. P.
Financiamento: FSE

Formações iniciais curtas no ensino superior politécnico
Destinatários: 10.000 novos estudantes do ensino superior
Montante: 5 M€ (2020) 10 M€ (2021)
Financiamento: UE (2020) UE+OE (2021)

Estímulo à inserção de adultos ativos no ensino superior (maiores 23 anos)
Destinatários: 10.000 novos estudantes do ensino superior
Montante: 5 M€ (2020) 10 M€ (2021)
Financiamento: UE (2020) UE+OE (2021)

Pós-graduações com empregadores, instituições científicas e centros de inovação
Destinatários: 10.000 novos estudantes do ensino superior
Montante: 15 M€ (2020) 25 M€ (2021)
Financiamento: UE (2020) UE+OE (2021)

Apoios à Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados – RHAQ (licenciados, mestres, doutores)
Destinatários: Empresas e entidades do sistema científico e tecnológico
Montante: 18,1 M€
Financiamento: FSE
Responsáveis: MCT

Apoios ao emprego na retoma

Apoio à retoma progressiva A medida que vem substituir o lay-off simplificado
Destinatários: Empresas que tenham beneficiado do regime de lay-off simplificado e mantenham quebras de faturação iguais ou superiores a 40%
Montante: 713 M€
Financiamento: OE + SURE

Incentivo financeiro extraordinário à normalização da atividade empresarial
Destinatários: empresas que tenham beneficiado do regime de lay-off simplificado ou do plano extraordinário de formação (PEF) desde que não tenham acedido ao mecanismo de apoio à retoma progressiva.

  • Apoio one-off
    Montante: 169 M€
    Financiamento: OE + SURE
  • Apoio ao longo de 6 meses
    Montante: 434_ M€
    Financiamento: OE + SURE

Proteção de rendimentos

Complemento de Estabilização
Destinatários: trabalhadores com salário base superior a 1 SMN e inferior ou igual a 2 SMN que estiveram em lay-off.
Montante: 70 ME
Financiamento: OE (financiado pelo SURE)

Proteção de trabalhadores independentes e informais
Montante 38 M€
Financiamento: OE

Cultura

Programação Cultural em Rede
Montante: 30 M€
Financiamento: FEDER

Linha de apoio à adaptação dos espaços às medidas decorrentes do COVID-19
Valor da medida de apoio: 750 mil euros.

Linha de apoio a equipamentos culturais independentes
Valor da medida de apoio: 3 milhões de euros

Linha de apoio social aos artistas, autores, técnicos e outros profissionais das artes
Destinatários Universo potencial de profissionais abrangidos pela medida 18000
Montante 34.3 M€

Turismo

Turismo: IVA dos congressos
Montante: Até 6 M€
Financiamento: Turismo de Portugal, I. P.

Plano de Retoma da Operação Aérea do Turismo de Portugal
Destinatários: Empresas da cadeia de produção e distribuição turística no(s) mercado(s) em que atua
Montante: Reforço em 20 M€
Financiamento: Turismo de Portugal, I. P., fundos europeus

Apoio à Organização de Eventos
Destinatários: Empresas de Organização de Eventos
Montante: 20 M€
Financiamento: Turismo de Portugal, I. P., fundos europeus

Apoio a Microempresas da área do Turismo
Destinatários: Microempresas do Turismo
Montante: Reforço em 40 M€
Financiamento: Turismo de Portugal, I. P., fundos europeus

Cadastro

Informação cadastral simplificada
Destinatários: Municípios
Montante: 20 M€ (10 M€ na região Centro e 10 M€ na região Norte)
Financiamento: FSE

Obras de proximidade e outras

Remoção de amianto nas escolas
Destinatários: Municípios, para intervencionar escolas da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário
Montante: 60 M€
Financiamento: FEDER

Programa de apoio a edifícios mais sustentáveis
Montante: 40 M€ (2020-21)
Financiamento: Reforço do Fundo Ambiental

Pequenas obras pela AdP – Águas de Portugal
Montante: 140 M€ (2020-21)

Obras de manutenção pela IP
Montante: 81 M€ + 98 M€

Equipamentos sociais

Conservação e reabilitação do parque habitacional do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P.
Destinatários: 4 mil fogos + conservação do restante parque habitacional
Montante: 7 M€ (2020), de um investimento de 43 M€
Financiamento: OE

PARES 3.0 – Alargamento da rede de Equipamentos Sociais
Montante: 110 M€
Financiamento: Jogos sociais

Acessibilidades para pessoas com deficiência
Destinatários:
Montante: 58 M€
Financiamento: OE+UE

Teletrabalho

Aumentar o número de trabalhadores da Administração Pública em teletrabalho
Destinatários: Trabalhadores da Administração Pública
Montante: 4,4M€
Fonte de financiamento: Orçamento do Estado

Trabalhar no Interior
Destinatários: Trabalhadores e suas famílias que queiram deslocar-se do litoral para trabalhar no interior
Montante: 3M€
Financiamento: FSE

Apoio à contratação em regime de teletrabalho
Valor FSE: 20 M€

Apoio à criação de espaços de coworking/teletrabalho, no interior, com o envolvimento dos municípios ou infraestruturas tecnológicas
Valor FEDER: 20 M€
Beneficiários: municípios e infraestruturas tecnológicas de territórios do interior

Medidas para as empresas

Linhas de crédito
Lançamento de linhas de crédito com garantia pública com dotação global até 1000M€, destinadas a financiamentos até 50 000 de micro e pequenas empresas de todos os setores de atividade;
Destinatários: PMEs e MidCaps
Montante: 6.800 M€ de garantia para FCGM

Seguros de crédito
Destinatários: todas as empresas
Montante: 2000M€ de garantias para cobertura pública

Sale and Lease Back
Montante: 60M€

Adicional contribuição de solidariedade sobre o setor bancário
Montante: receita 33M€

Cadeias curtas de distribuição

Reforço da capacidade de produção local de equipamentos inovadores e estratégicos
Destinatários: Empresas
Montante: 30 M€ (2020) / 50 M€ (2021)
Financiamento: PT2020 (2020) / OE+PT2020 (2021)

Promoção de novas áreas de negócio

Inovação COVID / I&D COVID
Destinatários: Empresas / Unidades de I&D
Montante: 220 M€
Financiamento: FEDER

Aceleração de PME

«PMECrescer+»: Programa de aceleração de PME
Destinatários: PME
Montante:20 M€
Financiamento: FEDER

ADAPTAR 2.0: Adaptação e modernização de estabelecimentos comerciais
Destinatários: microempresas dos setores secundário e terciário
Montante: 50/50M€ (2020-21)
Financiamento: Fundos comunitários

Comércio Digital
Destinatários: PME do Comércio
Montante: 40M€
Número de Empresas Abrangidas: aproximadamente 10 000 empresas e 25 projetos conjuntos, com possibilidade de alargamento
Financiamento: Fundos comunitários

Mobilização do Fundo de Modernização do Comércio
Destinatários: micro e pequenas empresas dos setores do comércio e serviços
Montante: 47M€ (2020/2021)
Financiamento: Fundo de Modernização do Comércio
Responsáveis: MEETD

Promoção da Economia Azul
Destinatários: Jovens licenciados, mestres ou doutorados; Empreendedores de base tecnológica e científica; Pescadores
Montante: Voucher Emprego Azul 2M€; Voucher Inovação Azul 1,7M€; 250 mil euros
Financiamento: Fundo Azul; PO-MAR2020

Apoio ao investimento no sector agroalimentar agrícola agrícolas
Destinatários: Jovens agricultores; Agricultores de produção biológica, agrupamentos e organizações de produtores
Montante: (2M€ + 3M€; 0,5M€); Linha de crédito BEI
Financiamento: PDR2020 e BEI
Responsáveis: MA

Medidas institucionais

Finanças Regionais e Locais
Destinatários: RAs
Montante: 948 M€
Financiamento: Emissão de Dívida pelas RAs

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Uma a uma, saiba quanto custam as 60 medidas do Programa de Estabilização

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião