Mar 2020 disponibiliza 1,5 milhões para eficiência energética das empresas da pesca e aquicultura

  • Lusa
  • 18 Junho 2020

Empresas de transformação dos produtos da pesca e da aquicultura podem candidatar-se até 31 de julho a um apoio de 1,5 milhões de euros com vista a melhor a eficiência energética.

As empresas de transformação dos produtos da pesca e da aquicultura podem candidatar-se, até ao final de julho, a um apoio do Mar 2020 para a melhoria da eficiência energética, no valor total de 1,5 milhões de euros.

“O programa operacional Mar 2020, com a publicação do aviso n.º 44/2020, propõe-se a apoiar as empresas de transformação dos produtos da pesca e da aquicultura e pretende conceder apoios para a realização de auditorias energéticas e das intervenções aí identificadas para serem seguidas as soluções integradas que permitem obter maiores ganhos ambientais”, indicou, em comunicado, o Ministério do Mar.

Com este apoio, que reveste a forma de subvenção não reembolsável, o Governo pretende reforçar a competitividade das empresas do setor.

O aviso tem 1,5 milhões de euros de dotação de despesa pública, 750 mil euros dos quais provenientes do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP).

Consideram-se elegíveis as pequenas e médias empresas cuja atividade esteja ligada à preparação de produtos da pesca e da aquicultura, congelação, conservação em azeite, óleos e molhos, salga, secagem e outras atividades de transformação, produção de óleos e gorduras de animais brutos, refinação de azeite, fabricação de alimentos para animais e de refeições e pratos pré-cozinhados.

Por sua vez, as despesas realizadas são comparticipadas em 50% até 150 mil euros por operação.

As candidaturas podem ser submetidas através do site do balcão 2020 até 31 de julho.

O Mar 2020, que se insere no Portugal 2020, tem como objetivo a implementação das medidas de apoio enquadradas no FEAMP, estando entre as suas prioridades a promoção da competitividade, a sustentabilidade económica, social e ambiental, bem como o aumento da coesão territorial.

Este programa operacional tem uma dotação global de 508 milhões de euros, 116 milhões de euros dos quais correspondem à contrapartida pública nacional, que tem origem no Orçamento do Estado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mar 2020 disponibiliza 1,5 milhões para eficiência energética das empresas da pesca e aquicultura

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião