Ex-advogado de Isabel dos Santos arguido no Luanda Leaks

  • ECO
  • 26 Junho 2020

Jorge Brito Pereira terá aberto, pelo menos, duas empresas à filha do ex-presidente de Angola.

Jorge Brito Pereira, que chegou a ser chairman da Nos, foi constituído arguido no âmbito das investigações do Luanda Leaks, depois das buscas da Polícia Judiciária realizadas na semana passada numa mega operação em várias localidades do país, revela o Jornal Económico (acesso pago).

Brito Pereira, antigo advogado de Isabel dos Santos foi referido no dossiê Luanda Leaks por ter aberto, pelo menos, duas empresas à filha do ex-presidente de Angola. Advogado tem afirmado que não fez qualquer ato de gestão.

De acordo com o JE, a justiça portuguesa estão suspeitas de branqueamento de capitais e de fraude fiscal relacionadas, entre outras operações, com transferências de mais de 100 milhões de euros da Sonangol para uma consultora no Dubai.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-advogado de Isabel dos Santos arguido no Luanda Leaks

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião