JobClub quer ajudar quem perdeu emprego devido à pandemia

O projeto nasce no movimento tech4Covid para ajudar quem perdeu o emprego devido à pandemia, através de sessões de formação e mentoria gratuitas com profissionais ligados ao recrutamento.

O seu emprego foi afetado pela pandemia e precisa de conselhos? De “pessoas para pessoas”, o JobClub é um projeto voluntário e sem fins lucrativos, desenvolvido a partir de Braga a partir do tech4COVID19 — um movimento de empreendedores que se juntou para criar soluções para minimizar o impacto da pandemia –, para ajudar pessoas em situação de desemprego, através de sessões de formação e mentoria gratuitas com profissionais ligados ao recrutamento.

“Temos recrutadores que podem dar feedback, através de uma plataforma, com conteúdo, interação profissional e que pode dar aquela luz que as pessoas precisam. Estamos confiantes de que, sendo uma plataforma online, ajude a chegar a cada vez mais pessoas”, conta à Pessoas Helena Muniz, fundadora do JobClub.

Em sessões de grupo de uma hora ou reuniões individuais de 30 minutos, os voluntários experientes em recrutamento vão ajudar os participantes a navegar no processo de busca de emprego. Identificar e abordar as empresas, identificar erros frequentes, conhecer as tendências no mercado de trabalho, avaliar o CV, saber quais as competências mais procuradas no mercado e superar a insegurança na procura de emprego são algumas das temáticas previstas para estes encontros.

“[O JobClub] surge numa altura em que muitas pessoas estão a reavaliar os seus percursos profissionais e, por isso, quisemos intervir de forma a capacitar quem procura uma nova oportunidade de emprego, criando e identificando oportunidades de trabalho que possam ser adequadas a cada perfil”, refere Helena Muniz citada em comunicado. Em Portugal, há quase 409 mil pessoas inscritas no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) em situação de desemprego. Entre 1 e 30 de junho, foram feitas 40.745 novas inscrições nos serviços de emprego.

A primeira sessão do JobClub está marcada para 8 de julho, com o tema “Feedback na Hora”, e será conduzida por Flávia Costa, talent acquisition manager da SKILLINK, Gonçalo Sequeira, user experience designer na plataforma de coaching Luminous, e Maria João Ribeiro, cofundadora do JobClub. Durante o webinar, os três oradores vão analisar CVs e perfis de LinkedIn em tempo real. “A mentoria pode ser a mais-valia. Vamos dar as ferramentas que as pessoas precisam para acreditar no seu potencial“, conclui Helena Muniz.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que, desde o início da pandemia, se tenham perdido o equivalente a cerca de 5,4% das horas globais de trabalho, em relação ao quarto trimestre de 2019, um número que representa menos 155 milhões de empregos a tempo inteiro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

JobClub quer ajudar quem perdeu emprego devido à pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião