Benfica aumenta oferta de dívida para o retalho para 50 milhões de euros

SAD encarnada está no mercado com um novo empréstimo obrigacionista, no qual oferece uma taxa de 4%. O prazo de subscrição termina a 10 de julho.

O Benfica reforçou a oferta de obrigações para o retalho que tem no mercado. A SAD do clube encarnado aumentou o montante total para 50 milhões de euros, face aos anteriores 35 milhões de euros. Pelas obrigações a três anos oferece um juro bruto de 4%.

“Informa-se que a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD decidiu em 8 de julho de 2020 aumentar o número máximo de obrigações representativas do empréstimo obrigacionista denominado Benfica SAD 2020-2023 (“Obrigações Benfica SAD 2020-2023”)”, anunciou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O aumento é para um máximo de dez milhões de obrigações. Por conseguinte, o valor nominal global da oferta é revisto em alta para até 50 milhões de euros. O valor nominal de cada obrigação é de cinco euros, sendo que o investimento mínimo é de 1.500 euros. O período de subscrição arrancou a 29 de junho e decorre até 10 de julho.

A 13 de julho, serão apurados dos resultados da oferta pela Euronext em sessão especial de mercado. Estas obrigações vencem a 17 de julho de 2023. Até lá, cada título confere o direito a um juro bruto de 4% que se vencerá semestral e postecipadamente em 15 de janeiro e 15 de julho de cada ano até ao reembolso final.

Com esta revisão em alta, também aumenta o encaixe financeiro que o clube vai ter com a operação. Ao total, são deduzidos 1,352 milhões de euros para comissões de organização e coordenação global, de colocação e respetivos impostos, bem como 210 mil euros para consultores, auditores e publicidade e outros 38,2 mil euros para custos com a CMVM e a bolsa.

A receita global líquida da Benfica SAD estimada será de €48.399.800, deduzida das comissões e dos custos acima referidos”, acrescentou a SAD no mesmo comunicado.

(Notícia atualizada às 17h05)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Benfica aumenta oferta de dívida para o retalho para 50 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião