Ministério Público acusa Ricardo Salgado na próxima semana

  • ECO
  • 10 Julho 2020

Serão mais de 3.000 páginas de acusação ao antigo líder do Grupo Espírito Santo, num megaprocesso que envolve 41 arguidos. O despacho já estará concluído e assinado pelos procuradores.

O antigo líder do Grupo Espírito Santo, Ricardo Salgado, bem como outros ex-administradores e quadros do BES, vão ser acusados pelo Ministério Público no início da próxima semana por alegados crimes cometidos na gestão do banco, incluindo de o terem levado à falência. A notícia foi avançada pela Sábado.

De acordo com a revista informativa, o despacho de acusação do caso BES tem mais de 3.000 páginas e está concluído, tendo já sido assinado pelos procuradores que conduzem a investigação há seis anos. Os arguidos deverão começar a ser notificados na segunda-feira.

Em causa está mais um megaprocesso judicial que envolverá 41 arguidos e mais de três dezenas de assistentes. Segundo a Sábado, alguns dos crimes estão em vias de prescrever, nomeadamente de falsificação que são imputados a Ricardo Salgado, levando à necessidade de se avançar com a acusação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministério Público acusa Ricardo Salgado na próxima semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião