Wells Fargo pondera cortar milhares de postos de trabalho

O terceiro maior empregador da banca nos EUA poderá eliminar milhares de empregos a partir do final ano, como um dos planos para reduzir custos e evitar prejuízos devido à pandemia.

O banco norte-americano Wells Fargo, o terceiro maior dos EUA e que emprega 263.000 pessoas a nível global, poderá cortar milhares de postos de trabalho a partir do final do ano.

A pressão para reduzir postos de trabalho dentro do banco está a levar os cargos de topo a delinear planos de ação que impliquem o despedimento de dezenas de milhares de empregos, segundo explicaram várias fontes próximas do processo à Bloomberg (acesso livre, conteúdo em inglês).

De acordo com a mesma fonte, ainda não é certo em que altura poderão ocorrer os despedimentos, mas a estimativa dos analistas, compilada pela agência, indica que o banco poderá apresentar, na próxima semana, prejuízos trimestrais pela primeira vez em décadas, devido à pandemia.

A instituição financeira deverá igualmente anunciar um corte nos dividendos aos acionistas, no seguimento das diretrizes emitidas pela Reserva Federal norte-americana. A Fed exigiu limitações dos pagamentos de dividendos aos acionistas, de forma a que os bancos consigam preservar capital para enfrentar a crise gerada pela pandemia. Nos termos desta ordem, o payout — percentagem dos lucros a distribuir pelos acionistas –, não poderá ser superior à média dos lucros trimestrais dos quatro últimos trimestres.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wells Fargo pondera cortar milhares de postos de trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião