Mais duas mortes e 135 novos casos de Covid-19. 75% são na região de Lisboa

Foram identificados 135 novos casos de contágio pelo coronavírus em Portugal nas últimas 24 horas. Número total de pessoas infetadas sobe para 50.299.

Portugal registou 135 novos casos de infeção por Covid-19, elevando para 50.299 o número de infetados desde o início da pandemia. Trata-se de uma subida de 0,27 % face ao dia anterior. Nas últimas 24 horas morreram mais duas pessoas com a doença, de acordo com a última atualização ao boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

No seguimento do que se tem vindo a observar desde meados de maio, a maioria das novas infeções foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo. Foram identificados 101 novos casos nesta região, o que representa cerca de 75% do total. Ou seja, mais de sete em cada dez novas infeções foram detetadas nesta região.

Lisboa é, assim, a região com mais casos registados até ao momento (25.549 casos de infeção e 586 mortes), à frente do Norte (18.503 casos e 588 mortes), do Centro (4.411 casos e 252 mortes), do Algarve (853 casos e 15 mortes) e do Alentejo (691 casos e 21 mortes). Nas regiões autónomas, os Açores registam 165 casos e 15 mortos, enquanto a Madeira tem 105 pessoas infetadas.

Boletim epidemiológico de 27 de julho:

Quanto à caracterização clínica, a maioria dos infetados está a recuperar em casa, sendo que 414 estão internados (mais 11 face ao dia anterior), dos quais 45 em unidades de cuidados intensivos (menos três). Há 1.397 pessoas a aguardar resultados laboratoriais, enquanto 35.120 pessoas estão sob vigilância das autoridades de saúde.

Desde que a pandemia chegou a Portugal, a 2 de março, morreram 1.719 pessoas vítimas da doença, mais duas nas últimas 24 horas. Quanto ao número de pessoas dadas como recuperadas, são agora 35.375, ou seja, mais 158 do que ontem.

RT no Alentejo é o mais alto do país

Na conferência de imprensa desta segunda-feira, a ministra da Saúde adiantou que o valor médio do risco de transmissão (RT) entre os dias 19 e 23 de julho foi de 0,94 a nível nacional, sendo que o Alentejo é a região onde este indicador é mais elevado. “O RT varia no país e varia entre 0,86 na região Norte e 1,09 no Alentejo, que é a região onde neste momento o RT é mais elevado”, indicou Marta Temido, em declarações transmitidas pela RTP3.

Quanto à situação de novos casos na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), que tem concentrado as maiores preocupações, a ministra referiu que há um “comportamento decrescente”, nomeadamente nos cincos concelhos da Área Metropolitana de LIsboa que permanecem sob o estado de calamidade. “Em Sintra, o RT é de 0,89; 0,83 em Odivelas e na Amadora e 0,78 em Lisboa. Em Loures é ainda de 0,99”, acrescentou sublinhando que é necessário olhar para estes dados com “muita prudência”.

A ministra da Saúde notou ainda que existem 13.205 casos ativos em Portugal, sendo que a maioria se concentram na região de Lisboa e Vale do Tejo (67%), segundo os dados da aplicação Trace Covid. Neste momento, há 196 surtos no país, sendo que 119 são na região de Lisboa e Vale do Tejo, 41 na região Norte, 10 no Alentejo e 13 no Algarve.

(Notícia em atualizada pela última vez ás 14h32)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Mais duas mortes e 135 novos casos de Covid-19. 75% são na região de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião