Miguel Stilwell põe 40 mil euros no aumento de capital da EDP

CEO interino vai participar no aumento de capital da EDP para comprar a Viesgo. Passará a deter quase 152 mil ações, tendo exercido todos os direitos que recebeu.

Miguel Stilwell vai ao aumento de capital da elétrica. O presidente interino do Conselho de Administração Executivo e CFO da EDP decidiu, logo no arranque do período de subscrição, exercer os direitos que recebeu pelas ações detidas, investindo assim quase 40 mil euros na operação que está a ser levada a cabo pela elétrica. Além de Stilwell, mais três administradores já decidiram subscrever os novos títulos da empresa.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP revela que Stilwell exerceu os direitos de subscrição de 140.000 ações, o que lhe permitirá reforçar a carteira de títulos da EDP com 11.904 novas ações da empresa. Esta operação, realizada a 23 de julho, o primeiro dia em que foi possível fazer a subscrição das ações que estão a ser emitidas no âmbito do aumento de capital de mil milhões de euros que ajudará a EDP a financiar a compra da Viesgo.

Tendo em conta que o valor de subscrição de cada nova ação é de 3,30 euros, o valor definido pela EDP para esta emissão de títulos, o CEO que substitui interinamente António Mexia, que viu as suas funções suspensas no âmbito do processo dos CMEC, prepara-se para investir quase 40 mil euros na elétrica. O “valor total da operação é de 39.283,20 euros”, diz o comunicado enviado ao regulador do mercado de capitais.

Além de Stilwell, outros membros do Conselho de Administração Executivo da EDP revelaram que subscreveram os novos títulos. Entre eles estão Rui Teixeira e Maria Teresa Pereira, depois de também António Martins da Costa o ter feito.

Rui Teixeira exerceu os direitos das 30.143 ações detidas, subscrevendo 2.563 novos títulos que terão um custo de 8.457,90 euros, tendo também sido revelado que Lina Martins, pessoa estreitamente relacionada com o administrador, vai exercer os direitos para comprar 495 novos títulos por pouco mais de 1.635 euros.

Ao mesmo tempo, Maria Teresa Isabel Pereira realizou duas operações com as quais vai subscrever mais de seis mil novos títulos da elétrica, decisão que terá um custo de cerca de 20 mil euros ao preço de subscrição de 3,30 euros.

Já antes, o membro do Conselho de Administração Executivo António Martins da Costa tinha informado “a EDP de que, no passado dia 23 de julho de 2020, procedeu ao exercício de subscrição dos respetivos direitos das 54.299 ações representativas do capital social da EDP detidas, a que correspondem 4.616 ações”. Neste sentido, investiu 15.232,80 euros no aumento de capital da EDP, cujo prazo de subscrição terminará a 6 de agosto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Miguel Stilwell põe 40 mil euros no aumento de capital da EDP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião