António Costa dá as boas-vindas à Champions e espera grande momento desportivo em Lisboa

  • Lusa e ECO
  • 12 Agosto 2020

O primeiro-ministro dirigiu uma mensagem de boas-vindas às oito equipas que vão disputar em Portugal a ‘final a oito’ da Liga dos Campeões. Espera que este torneio seja um "grande momento desportivo”.

O primeiro-ministro, António Costa, assinalou esta quarta-feira, com uma mensagem de boas vindas, o início da Final a Oito da Liga dos Campeões, dirigindo uma mensagem de boas vindas a todos e expressando a confiança de que será um Torneio de sucesso.

Gostaria de dirigir uma mensagem de boas-vindas às oito equipas que vão disputar em Portugal a ‘final a oito’ da Liga dos Campeões, no fim desta época 2019/20, tão especial e tão diferente de anos anteriores. Temos em Lisboa as oito melhores equipas de futebol da Europa e quero que este torneio seja um grande momento desportivo”, afirmou António Costa.

O primeiro-ministro adianta que é com orgulho que Portugal acolheu esta prova e enalteceu a capacidade do país em organizar grande eventos desportivos. “É, para nós, uma enorme honra poder acolher esta prova. É, por um lado, a demonstração da extraordinária capacidade de organização de Portugal e da FPF que, desde o Europeu de 2004, já deu boas provas da sua capacidade de organização. Espero que esta seja mais uma demonstração da nossa excelência da capacidade organizativa. Mas é também uma forma de a UEFA nos ter reconhecido como sendo o local mais seguro para a realização desta prova, prosseguiu Costa.

A fase final da principal competição continental de clubes arranca hoje, às 20:00, em Lisboa, com o embate entre os italianos da Atalanta e os franceses do Paris Saint-Germain, no Estádio da Luz, para os quartos-de-final. Seguem-se, até sábado, os restantes embates desta fase, disputada a um só jogo e sem público, e as meias-finais, nas próximas terça e quarta-feira, nos estádios José Alvalade e da Luz, que vai acolher a final, em 23 de agosto.

Este foi o formato encontrado para fazer face à pandemia de Covid-19, que levou à suspensão de quase todos os campeonatos, tendo a UEFA escolhido a capital portuguesa para receber esta inédita fase final, que tinha o embate decisivo marcado para Istambul.

O primeiro-ministro revelou que o protocolo sanitário e de segurança que determinou e permitiu a organização desta Final em Portugal, foi “trabalhado muito intensamente entre os diversos organismos e a Direção Geral da Saúde”, de modo a que todas as regras fossem cumpridas escrupulosamente.

António Costa afirmou que o Governo português e a UEFA, em conjunto, entenderam que não havia ainda condições, nesta fase, para que os jogos pudessem ter público dentro dos estádios. E disse compreender a frustração dos adeptos que não podem acompanhar os jogos ao vivo, dentro dos estádios. “Mas quem quiser vir, seja para a Champions, seja passar as suas férias, seja por outro motivo qualquer, é muito bem-vindo a Portugal. E pode sentir-se em Portugal em segurança”, concluiu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

António Costa dá as boas-vindas à Champions e espera grande momento desportivo em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião