PLMJ assessora WiZink em operação que ascendeu aos 510 milhões de euros

Gonçalo Reis Martins, Alexandre Norinho de Oliveira, Kathleen Hoffman Barley e Pedro Roque Coelho foram os advogados da PLMJ que coordenaram a assessoria ao WiZink Bank e à StormHarbour.

A sociedade de advogados PLMJ assessorou juridicamente o WiZink Bank e a StormHarbour na primeira operação feita em Portugal de titularização de um portefólio de dívida de cartões de crédito. O valor da operação ascendeu a 510 milhões de euros.

A assessoria foi coordenada por Gonçalo Reis Martins, sócio de bancário e financeiro e mercado de capitais, Alexandre Norinho de Oliveira, associado sénior, Kathleen Hoffman Barley, associada, e Pedro Roque Coelho, advogado estagiário.

“A operação de emissão de obrigações de titularização denominada “Victoria Finance no. 1”, colateralizada pelas receitas da titularização do portfólio de cartões de crédito, inédita em Portugal, foi aprovada pelo regulador do mercado de capitais, a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e foi fundamental para a consolidação da estratégia da WiZink para o mercado português“, nota a firma em comunicado.

As obrigações de titularização obtiveram rating pelas agências Fitch e DBRS e foram admitidas à negociação na Euronext Lisbon.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

PLMJ assessora WiZink em operação que ascendeu aos 510 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião