Costa: “Não vale a pena pedir demissão da ministra. Está a fazer um excelente trabalho”

Costa diz que Ana Mendes Godinho instaurou um inquérito ao caso do lar de Reguengos logo no dia 12 de julho e comunicou ao Ministério Público no dia 16.

Reagindo à polémica sobre o caso do lar de Reguengos de Monsaraz, o primeiro-ministro defende a ministra do Trabalho, apontando que Ana Mendes Godinho instaurou um inquérito ao lar logo no dia 12 de julho e comunicou ao Ministério Público no dia 16 desse mês. “Não nos devemos distrair do essencial nem estar com polémicas artificiais”, reiterou António Costa.

O primeiro-ministro defende ainda que “não vale a pena pedir demissão da ministra”, respondendo aos pedidos de demissão de alguns partidos da direita, após uma reunião do Centro de Coordenação Operacional Nacional, em declarações transmitidas pelas televisões. “Tem toda a minha confiança, está a fazer um excelente trabalho”, garantiu Costa.

“Numa fase de crise como a que estamos a viver, do ponto de vista sanitário, económico e social, com tanta gente a sofrer com receio de perder emprego, pessoas que têm menos procura do que tinham dos serviços que prestam, temos de ter respeito pelos cidadãos e não alimentar polémicas”, acrescentou ainda o primeiro-ministro.

A polémica surgiu este fim de semana, depois de, numa entrevista ao Expresso, Ana Mendes Godinho ter admitido que não leu o relatório da Ordem dos Médicos sobre o caso do lar em Reguengos. Entretanto, esta terça-feira, a ministra garantiu já ter lido todos os relatórios sobre o caso em particular.

Surgiram também críticas de que a ministra estava a desvalorizar a situação nos lares, por ter dito, na mesma entrevista, que a “dimensão dos surtos não é demasiado grande em termos de proporção”, referindo que são 3% do total dos lares e 0,5% das pessoas internadas em lares que estão afetadas pela doença. Costa defende que “não houve das palavras da ministra nenhuma tentativa de desvalorização da gravidade”.

(Notícia atualizada às 13h15)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa: “Não vale a pena pedir demissão da ministra. Está a fazer um excelente trabalho”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião