Futuro do trabalho é remoto e a FoW também. Conferência arranca online a 3 de setembro

Dias 3 e 4 de setembro, a FoW - Future of Work Portugal quer ajudar profissionais e empresas a dar os primeiros passos no mundo do trabalho remoto em Portugal. Conferência é gratuita e 100% virtual.

A segunda edição da FoW Portugal, anteriormente designada por Nómada Digital Summit, vai decorrer a 3 e 4 de setembro, em parceria com a Startup Madeira, num ambiente 100% digital. A conferência acontecerá no site oficial da iniciativa, onde os participantes poderão encontrar salas virtuais onde estarão a decorrer os vários painéis, dedicados à liderança e gestão de equipas remotas.

Durante dois dias, os participantes podem aprender mais sobre como transitar para o trabalho remoto, como implementar uma estratégia para trabalho remoto, liderar equipas no digital e como contratar remotamente, ou ainda saber mais sobre qual será o futuro das startups e da inovação.

Entre os convidados, estarão representantes de empresas como a Gitlab, Doist, Zapier, Talkdesk, Remote, Red Angels, Workana, Landing Jobs, Fujitsu, Startup Madeira, Infraspeak ou a Bold by Devoteam, distribuídos em 16 painéis. Pode consultar a programação completa aqui.

“Desde a Madeira para o mundo, vamos ter na conferência os maiores especialistas em Portugal de empresas 100% remotas ou que se encontram no processo transição, bem como líderes de diferentes equipas que vão ensinar e partilhar as melhores práticas de gestão do trabalho remoto adequadas ao mercado português”, refere a organização, no site oficial.

Rui Barreto, secretário regional da Economia da e anfitrião do evento, elogia a iniciativa e lembra “que este também é o momento de olharmos para a formação, que deve ser contínua, e perceber que muito vai nascer após esta pandemia. Perceber que hoje a transição digital, a inovação e novas tecnologias, a possibilidade de atrair recursos e pessoas para, por exemplo, poderem viver nesta ilha e a partir dela desenvolverem a sua atividade profissional em diversas geografias, deve constituir um desafio”.

“A Madeira tem excelentes condições para acolher nómadas digitais. O desafio das nossas startups, dos empreendedores, tanto na Madeira como no Continente, passa por continuar a procurar novas oportunidades de negócio e soluções face à quarta revolução industrial e tecnológica. Na Startup Madeira, valorizamos e incentivamos a capacidade de concretizar e desenvolver soluções que venham acrescentar valor ao ecossistema regional”, sublinha Carlos Soares Lopes, presidente da Startup Madeira, citado em comunicado.

Além das conferências, o evento contará também com salas virtuais de networking, às quais podem aceder através da aplicação da FoW Portugal.

A FoW – Future of Work nasceu da vontade de três nómadas digitais portugueses Diogo Reffóios Cunha, João Mendes e Gonçalo Hall, em partilhar a sua experiência e inspirar outros profissionais e empresas sobre as potencialidades do trabalho remoto. A participação na FoW – Future of Work é gratuita, mediante reserva no site da organização.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Futuro do trabalho é remoto e a FoW também. Conferência arranca online a 3 de setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião