Antin assessorada pela Sérvulo na compra da Miya à Bridgepoint

A Sérvulo integrou a equipa multijurisdicional que assessorou a operação de aquisição, sendo de destacar a participação de Teresa Anselmo Vaz, sócia no departamento de Corporate M&A.

A Bridgepoint anunciou a conclusão da venda do controlo da Miya Water ao fundo Antin Infrastructure Partners.

A Antin foi assessorada pelo Deutsche Bank, Herbert Smith Freehills, Sérvulo, McConnell Valdés, PWACS Corporate Finance, PWACS, Defining Future Options, EY e a Marsh. A Bridgepoint foi assessorada pela Citi, Uría Menéndez, PwC Strategy&, EY, ERM e a Willis.

O negócio terá rondado os 600 milhões de euros. “Após a conclusão da aquisição, a Antin irá trabalhar com a equipa de gestão de Miya, liderada pelo CEO Amit Horman, para apoiar oportunidades de crescimento na área das concessões de água e PPP na Europa e na América do Norte, assim como no desenvolvimento de projetos de eficiência hídrica em todo o mundo”, avança a Bridgepoint, em comunicado.

O grupo Miya opera em diversas jurisdições do globo, tendo uma presença especialmente relevante em Portugal, por via do grupo Indaqua, que o integra. Importa referir que o grupo Indaqua detém diversas concessionárias a operar nos setores do abastecimento de água e saneamento de águas residuais em Portugal.

A Sérvulo integrou a equipa multijurisdicional que assessorou a operação de aquisição, sendo de destacar a participação de Teresa Anselmo Vaz, sócia no departamento de Corporate M&A, que coordenou a equipa da Sérvulo na operação, Ana Luísa Guimarães, sócia do departamento de Direito Público e Pedro Alvim, membro do departamento de Corporate M&A. É ainda de destacar a participação da LEAD Advogados, parceira da Sérvulo, na assessoria a esta operação, relativamente à jurisdição de Angola.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Antin assessorada pela Sérvulo na compra da Miya à Bridgepoint

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião