Há mais 673 infetados em Portugal. Morreram sete pessoas

Aumentou para 63.983 o número de casos de infetados com coronavírus no país. Até ao momento, já 44.069 pessoas recuperaram da doença.

Portugal registou 673 novos casos de infeção por Covid-19, elevando para 63.983 o número de infetados desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas morreram mais sete pessoas com a doença, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo.

Este número de novos casos reflete uma subida face a ontem, mas fica aquém dos 687 novos casos registados na sexta-feira, o que representou a maior subida diária desde 16 de abril. A subida deste domingo traduz-se numa variação percentual de 1,06%.

Porém, ao nível do número de mortes, este aumento de sete pessoas é o maior desde 31 de julho, dia em que foram registadas no boletim oito mortes. Seis dessas sete mortes registaram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Entre os casos de infeção, atualmente 18.047 encontram-se ativos, mais 491 do que no dia anterior. Desde que apareceu em Portugal, no início de março, o coronavírus já provocou a morte de 1.867 pessoas. Já quanto ao número de recuperados, situa-se em 44.069 (mais 175 nas últimas 24 horas).

Por regiões, 47,4% dos novos casos concentraram-se na zona de Lisboa e Vale do Tejo, o que se traduz em mais 319 casos para um total de 32.732 casos. Segue-se a região do Norte com 23.233 casos, mais 236 do que no dia anterior, e a região do Centro com 5.228 casos, mais 35 do que no dia anterior. O Algarve regista 1.234 casos (+20), o Alentejo 1.134 casos (+60), os Açores 238 (+2) e a Madeira 184 (+1).

A maioria das pessoas infetadas com o vírus está a fazer o tratamento em casa. São apenas 452 as pessoas que estão internadas (mais 14 do que no balanço anterior), das quais 57 nos cuidados intensivos (menos duas face a ontem). Há ainda 36.398 contactos sob vigilância das autoridades de saúde, mais 343 do que no boletim anterior.

Boletim epidemiológico de 13 de setembro

(Notícia atualizada às 14h17 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há mais 673 infetados em Portugal. Morreram sete pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião