Altice Portugal “vê de forma muito positiva” OPA de Patrick Drahi

A equipa de gestão da Altice Portugal considera "muito positiva" a Oferta Pública de Aquisição (OPA) do fundador Patrick Drahi sobre o capital da Altice Europe. Vai facilitar "capacidade de decisão".

A equipa de gestão da Altice Portugal “vê de forma muito positiva” a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pelo fundador Patrick Drahi sobre o capital da Altice Europe. Para o presidente executivo, Alexandre Fonseca, é um “movimento natural” que permitirá à empresa “voltar às bases e ADN do grupo Altice”.

“É sempre positivo ver um acionista colocar em cima da mesa 2,5 mil milhões de euros”, afirmou o presidente executivo da Altice Portugal, num evento com jornalistas em Lisboa. O gestor disse ainda que a OPA, que permitirá retirar a Altice Europe da bolsa, deverá facilitar pontos como a “capacidade de decisão” e o “acesso a financiamento”.

Por isso, para a gestão da dona da Meo, a oferta de Patrick Drahi é um sinal de “confiança” na Altice Europe, o grupo que detém a Altice Portugal. No entanto, Alexandre Fonseca não se comprometeu a continuar a divulgar informação financeira e operacional trimestral, indicando ser “muito cedo” para tomar quaisquer decisões.

Na sexta-feira, a Next Private de Patrick Drahi lançou uma OPA sobre a Altice Europe, propondo pagar 4,11 euros por cada ação da cotada, um prémio de mais de 20% em comparação com os 3,321 euros a que fecharam as ações da Altice Europe um dia antes. Os títulos da empresa estão a valer 4,12 euros esta segunda-feira.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Altice Portugal “vê de forma muito positiva” OPA de Patrick Drahi

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião