Governo cria mecanismo extrajudicial para ajudar famílias sobre-endividadas

  • ECO
  • 14 Setembro 2020

As famílias sobre-endividadas vão passar a contar com um mecanismo extrajudicial para chegar a acordo com os credores de forma a evitar insolvências e recurso aos tribunais.

Com o número de famílias endividadas a aumentar devido à pandemia do novo coronavírus, o Governo vai passar a disponibilizar um mecanismo extrajudicial para ajudar as famílias que enfrentarem problemas de sobre-endividamento, avançou o Jornal de Negócios (acesso pago).

O objetivo é encontrar um plano de pagamento das dívidas com os credores de forma a evitar a insolvência e o recurso aos tribunais. Para o devedor este sistema será de adesão voluntária e de “baixo custo”, enquanto para o credor, a mais-valia será a obtenção, se for caso disso, de um título executivo, que lhe permitirá depois avançar para uma execução de dívidas sem ter de ir a tribunal.

Durante o período do confinamento, entre março e maio, a DECO recebeu 3.600 pedidos de famílias a quem prestou aconselhamento financeiro e abriu 234 processos de intervenção, dos quais quase 60% por quebra de rendimentos. Para a jurista da Deco, Natália Nunes, “faz todo o sentido apostar numa solução extrajudicial” e, “a via dos tribunais deve ser o último recurso”, defende a especialista.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo cria mecanismo extrajudicial para ajudar famílias sobre-endividadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião