Seis em cada dez grandes empresas apostaram na inovação

  • Lusa
  • 25 Setembro 2020

No triénio 2016-2018, 32,4% das empresas com 10 ou mais pessoas ao serviço tiveram algum tipo de atividade de inovação. São as grandes empresas que mais apostam na inovação, com 61,5% a fazê-lo.

Quase um terço das empresas (32,4%) com 10 ou mais trabalhadores teve algum tipo de atividade de inovação entre 2016-2018, percentagem que sobe para 61,5% em empresas com mais de 250 trabalhadores, segundo o INE.

O Inquérito Comunitário à Inovação 2016-2018 permitiu ainda saber que 23% das empresas em Portugal desenvolveram inovação de produto (bens e/ou serviços), 28% inovação de processo e 31,4% inovação de produto e/ou processo.

As empresas com 250 ou mais pessoas ao serviço revelaram maior peso na dinâmica da inovação empresarial (61,5%), realça o documento no qual são apresentados os principais resultados sobre inovação empresarial, com base nos dados recolhidos no Inquérito Comunitário à Inovação (CIS), uma edição conjunta da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) e do INE.

Por atividade económica, o destaque vai para os setores da informação e comunicação (57,4%), das atividades financeiras e de seguros (45,4%) e da indústria (37,8%).

O INE refere ainda que em 2018, a despesa total com atividades de inovação somou 2.599 milhões de euros, o que representa 3,2% do Valor Acrescentado Bruto (VAB) total das empresas com 10 ou mais pessoas ao serviço.

Além disso, esclarece que esta percentagem variou entre 0,7% nos setores de energia e água e construção e atividades imobiliárias e 6,1% no setor da Informação e comunicação.

Naquele ano, 11,2% do volume de negócios das empresas resultou da introdução de produtos novos ou melhorados no mercado, sendo 7% resultado da introdução de produtos novos para a empresa e 4,2% da introdução de produtos novos no mercado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Seis em cada dez grandes empresas apostaram na inovação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião