Novo presidente do Tribunal de Contas referido no inquérito das PPP

  • ECO
  • 7 Outubro 2020

José Tavares é dado pela PJ como muito próximo do ex-secretário de Estado de José Sócrates, Paulo Campos, um dos principais suspeitos da investigação às PPP.

José Tavares é mencionado no inquérito das Parcerias Público-Privadas (PPP), caso onde se investigam prejuízos de cerca de 3,5 mil milhões de euros para o Estado, numa alegada prática de corrupção e de outros ilícitos criminais, revela o Observador (acesso pago).

O novo presidente do Tribunal de Contas (TdC), que substitui Vítor Caldeira no cargo, é dado pela Polícia Judiciária como sendo muito próximo do ex-secretário de Estado de José Sócrates, Paulo Campos, um dos principais suspeitos desta investigação. Essa proximidade é atestada com diversos emails trocados entre o ex-secretário de Estado de Sócrates e José Tavares, então diretor-geral do TdC, em 2009 e 2010.

De acordo com o Observador, José Tavares terá inclusivamente participado em reuniões secretas com o Governo de José Sócrates para tentar contornar o chumbo que os próprios juízes conselheiros do TdC fizeram a quase todos os contratos das subconcessões rodoviárias lançados pelo então ministro Mário Lino e Paulo Campos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo presidente do Tribunal de Contas referido no inquérito das PPP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião