Nos junta-se à Vodafone e diz que regras do leilão de 5G são “ilegais”

  • ECO
  • 15 Outubro 2020

A posição alinha com a da Vodafone, sendo que as operadoras atacam o modelo que reserva um espetro preferencial para novos players, com um desconto de 25% face ao preço final.

A Nos considera que as regras do leilão de 5G são ilegais e acusa a Anacom de estar a comprometer o investimento no setor. Em declarações ao ECO, fonte oficial da empresa critica o modelo, tal como tinha feito a concorrente Vodafone, que diz mesmo que não irá participar no leilão caso as regras não sejam alteradas.

“As regras do leilão, tal como as conhecemos, são absolutamente ilegais, inaceitáveis e desastrosas para o setor e para o país. Este regulamento compromete irremediavelmente a concorrência e o investimento no setor, e, consequentemente, a desejada transição digital das empresas, do setor público e da população, bem como a coesão territorial e social”, diz fonte oficial da Nos.

A posição alinha com a da Vodafone, sendo que as operadoras atacam o modelo que reserva um espetro preferencial de 900 MHz e 1.800 MhZ para novos players, com um desconto de 25% face ao preço final. Além disso, novos players não teriam obrigações de investimento no país, um “fardo” que teria de ser partilhado apenas pelas empresas que já estão no mercado, ou seja, Altice, Vodafone e Nos. O regulador planeia relançar o leilão ainda este mês após os atrasos causados pela pandemia.

A Vodafone ameaça mesmo não participar, enquanto a Nos não adianta se já tomou essa decisão. “Se as regras não forem alteradas estaremos a condenar Portugal à irrelevância na futura economia digital, prejudicando, assim, de forma irreversível a competitividade das empresas e a evolução do nível de vida dos portugueses”, acrescenta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nos junta-se à Vodafone e diz que regras do leilão de 5G são “ilegais”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião