Investidor libanês desistirá da compra do EuroBic sem maioria do capital

  • ECO
  • 23 Outubro 2020

Contrato-promessa assinado com Isabel dos Santos prevê que o investidor Roger Tamraz possa desfazer negócio caso não fique com mais de 50% do capital do EuroBic.

O investidor libanês Roger Tamraz, que já chegou a um acordo com Isabel dos Santos para ficar com a posição de 42,5% da empresária angolana no EuroBic, pode deixar cair o negócio se não conseguir ficar com a maioria do capital do banco, avança o Jornal Económico (acesso pago).

Esta situação encontra-se prevista no contrato-promessa assinado entre Isabel dos Santos e o Tamraz, obrigando a que o investidor libanês tenha de negociar e convencer outros acionistas do banco a venderem-lhe as suas participações. O que poderá não acontecer.

Ao contrário do que sucedeu com o Abanca, desta vez não se verifica um alinhamento de interesses entre os acionistas do EuroBic, o que torna mais incerto o desfecho deste processo.

Fernando Teles, que detém 37,5%, revelou ao Valor Económico que há cerca de 12 interessados no banco e que o processo de venda irá decorrer “nos próximos meses”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Investidor libanês desistirá da compra do EuroBic sem maioria do capital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião