Pagamentos online via HiPay em Portugal disparam 40% na Black Friday. Foram 4,17 milhões de euros

Os portugueses gastaram quase 4,17 milhões de euros em compras na Black Friday nos clientes da HiPay, uma empresa de processamento de transações online. Trata-se de um crescimento de 40% face a 2019.

A HiPay Portugal processou quase 4,17 milhões de euros em pagamentos na sexta-feira passada, dia em que se assinalou a Black Friday. Trata-se de um crescimento de 40% face aos quase três milhões processados no mesmo dia de 2019.

Os dados divulgados pela empresa de pagamentos apontam ainda para um crescimento de 40% no número de transações, para um total de 80.513 nesta Black Friday de 2020.

“Estes dados correspondem a transações originadas em Portugal em toda a rede de clientes HiPay, nacionais e internacionais, com a grande maioria a originar no setor de retalho”, explica a empresa, que processa pagamentos para comerciantes na internet, em comunicado.

Os números comprovam o que já era antecipado no mercado: um crescimento expressivo nas encomendas através da internet, dadas as limitações ao comércio físico impostas pelo estado de emergência.

De forma a evitar o contágio pelo novo coronavírus, muitos portugueses optaram por ficar em casa nesta Black Friday, fazendo as suas encomendas através das lojas online. Além disso, o comércio eletrónico cresceu acompanhando também a tendência natural observada ao longo dos últimos anos.

“O crescimento do número de transações e valor também foi superior a durante a semana. No acumulado dos dias imediatamente antes e depois, de 22 de novembro a 28 de novembro, período em que alguns retalhistas designaram por ‘Black Week’, a HiPay registou crescimentos em transações e valor de 57% e 64% face a 2019, respetivamente”, aponta a empresa na mesma nota.

Valor das transações na semana da Black Friday e valor total processado no ano

Fonte: HiPay Portugal

De acordo com o líder da HiPay em Portugal, Eduardo Barreto, “o crescimento exponencial do volume de transações e valor das compras confirma a esperada adesão massiva ao comércio eletrónico em virtude do contexto pandémico que se vive e o reforço da popularidade do conceito Black Friday em Portugal”.

O responsável sublinhou ainda que a empresa verificou “uma quebra acentuada nas transações oriundas dos setores do lazer e turismo, nomeadamente viagens, hotelaria e restauração”. Ou seja, sem o impacto da pandemia nestes setores, “o crescimento seria muito superior ao verificado”, calcula Eduardo Barreto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pagamentos online via HiPay em Portugal disparam 40% na Black Friday. Foram 4,17 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião