Governo impõe condições a Madrid para avançar com parceria ibérica no hidrogénio, diz Matos Fernandes

O Governo quer que Espanha reconheça que "Sines é um pólo fundamental para a exportação", revelou Matos Fernandes no encerramento da conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa”.

No encerramento da conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa”, organizada pelo ECO e pelo Capital Verde, o ministro do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, disse que espera poder anunciar novidades ainda durante o mês de dezembro sobre uma estratégia conjunta entre os dois países da Península Ibérica para a produção de gases renováveis.

Veja aqui o vídeo:

“Sinto que estamos a trabalhar para termos uma estratégia conjunta. O que é que é fundamental para Portugal nesta estratégia conjunta?”, disse Matos Fernandes, enumerando as condições já avançadas pelo Governo a Espanha para que esta parceria ibérica se concretize em breve. Veja aqui as exigências de Portugal no hidrogénio, para se aliar aos vizinhos ibéricos.

Na mesma entrevista, Matos Fernandes revelou ainda que o Governo vai lançar já na primeira quinzena de dezembro, no âmbito do POSEUR, o primeiro aviso para a candidatura a apoios à produção de hidrogénio verde e outros gases renováveis, no valor de 40 milhões de euros. A verba está também inscrita no Plano Recuperação e Resiliência do Governo. No total serão 200 milhões de euros — 40 milhões por ano até 2025 — para incentivar a produção de gases renováveis para injeção na rede nacional.

O Governo espera uma enchente de candidaturas — das Águas de Portugal a projetos de combustível alternativo para aviões — e vai pagar 85% dos investimentos propostos, num máximo de cinco milhões por investimento.

A conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa” é organizada pelo ECO/Capital Verde e conta com o apoio da EDP, REN, Martifer, Vestas, Galp e PLMJ.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo impõe condições a Madrid para avançar com parceria ibérica no hidrogénio, diz Matos Fernandes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião