Hoje nas notícias: Recibos verdes, Montepio e Brisa

  • ECO
  • 31 Dezembro 2020

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Há milhares de recibos verdes a serem informados de que ainda não é desta que vão receber o apoio extraordinário prometido desde julho. Os seus pedidos vão ser reanalisados pela Segurança Social. O último dia de 2020 fica ainda marcado pela nota de que se procura uma solução para o Montepio, para o investimento de 55 milhões de euros da Brisa em autoestradas e pelo facto da linha de apoio ao Brexit ter chegado apenas a sete empresas. De olhos postos em 2021, Centeno alerta para os impactos de um eventual fim “abrupto” de apoios à economia.

Estado “atrasa” apoios a seis mil recibos verdes

Há trabalhadores independentes que ainda não receberam o apoio extraordinário e que estão a ser agora informados de que os seus processos vão ser reanalisados até 7 de janeiro. O Instituto da Segurança Social explica que todos os que reuniam condições para ver o seu pedido de ajuda deferido já receberam os pagamentos a 23 e 30 de dezembro, mas há outros “recibos verdes” que estão agora a ser informados de que o seu processo será reanalisado. “Não se trata de um atraso, mas de uma segunda oportunidade”, garante a Segurança Social, referindo que a informação disponível levaria à rejeição destes pedidos, mas foi decidido reanalisar os casos. Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Mutualista garante que pode capitalizar banco

Sob o olhar atento dos supervisores e do Governo, a maior associação mutualista do país está a tentar resolver o peso que os créditos e outros ativos problemáticos têm no Banco Montepio. Por isso, a mutualista pretende criar um veículo que fique com 1.400 milhões de euros em crédito malparado e 600 milhões em ativos que pertencem ao banco, livrando-se assim da herança tóxica. Tal poderá, contudo, criar necessidades de capital no banco. “A solução, depois de concluído o seu estudo, tem de ser validada pelos auditores externos e pelos supervisores. Mas tudo será, necessariamente, feito após validação pelos reguladores e pelos auditores”, explica o presidente da associação. Leia a notícia completa no Expresso (acesso pago).

Brisa investe 55 milhões em 2021 nas autoestradas

A Brisa Concessão Rodoviária prevê investir, no próximo ano, 55 milhões de euros na conservação e renovação de autoestradas, o que representa um aumento de 6% face a 2020. Alargamento do sublanço Águas Santas-Ermesinde, nas autoestradas A4 e A3, reformulação do nó de Ermesinde na A4 (autoestrada Porto-Amarante) e beneficiação do pavimento nos sublanços Torres Novas (A1/A23) – Fátima (A1) são algumas das obras que vão arrancar em 2021. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Linha de apoio ao Brexit só chegou a sete empresas

A linha de apoio às empresas afetadas pelo divórcio do Reino Unido da União Europeia chegou ao fim com apenas sete candidaturas aprovadas, no valor total de quatro milhões de euros. Isto quando a linha tinha como dotação total 50 milhões de euros. Falta perceber agora se o Executivo de António Costa vai criar um apoio semelhante para a nova fase do Brexit, uma vez que já está definido o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Centeno alerta para impactos de fim “abrupto” de apoios à economia

O governador do Banco de Portugal sublinha que 2021 trará novos desafios. Mário Centeno acredita que o plano de vacinação contra a Covid-19 traz um “sinal de esperança”, mas alerta para o impacto do eventual fim “abrupto” ou precoce dos vários apoios à economia que foram criados em resposta à pandemia. O Governo já garantiu que a retirada desses instrumentos será gradual, tendo, por exemplo, prolongado o “sucedâneo” do lay-off simplificado até ao final do primeiro semestre. Leia a notícia completa no Jornal Económico (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Recibos verdes, Montepio e Brisa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião