Hoje nas notícias: Máscaras, procurador europeu e CDS

  • ECO
  • 28 Janeiro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O dia arranca com a notícia do pedido da ministra da Saúde aos hospitais de Lisboa, para que estes disponibilizem todas as camas possíveis para os doentes infetados. Ainda no meio da pandemia, numa altura em que muitos países proíbem o uso de máscara cirúrgica na rua, o CITEVE vem afirmar que apenas 20% das máscaras comunitárias existentes protegem acima dos 70%.

Só 20% das máscaras têxteis protegem como as cirúrgicas

A indústria do têxtil tem vindo a defender a utilização das chamadas máscaras comunitárias, sustentando que têm “demonstrado serem capazes de proteger adequadamente” quem as utiliza. No entanto, o diretor-geral do CITEVE avança que apenas 20% de um total de 3.600 modelos existentes e certificados oferecem um grau de proteção acima dos 90%, ou seja, as restantes 80% das máscaras certificadas pelo CITEVE, de nível 3, apenas oferecem uma garantia de filtragem na ordem dos 70%. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Pingo Doce substitui máscaras a 30 mil trabalhadores

Face a um escalar dos casos de Covid-19 em Portugal, o Pingo Doce optou por distribuir máscaras FFP2/KN95, que oferecem um maior nível de proteção, pelos seus mais de 30 mil trabalhadores, para que estes as utilizassem no decorrer do desempenho das suas funções. Isto numa altura em que a DGS ainda não alterou as recomendações quanto às máscaras a utilizar em situações de grande concentração de pessoas – algo que, no entanto, já aconteceu noutros países, como a Alemanha, Áustria e França. Leia a notícia completa no Dinheiro Vivo (acesso livre)

Ministra da Saúde pediu aos hospitais que abram todas as camas disponíveis

Após a falha na rede de oxigénio no hospital Amadora-Sintra, a ministra da Saúde reuniu-se esta quarta-feira de manhã com sete hospitais de Lisboa que estão a viver uma “situação de catástrofe”, acabando por pedir que estes disponibilizassem já nesta fase todas as camas que ainda têm disponíveis para os doentes infetados. Nesta reunião foi avaliada a capacidade instalada nos hospitais da região, mas Marta Temido acabou por pedir que fosse disponibilizado o máximo das capacidades hospitalares. Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago)

Conselho da UE conclui que não há razões para alterar nomeação do procurador europeu

O Conselho da União Europeia (UE) deu por encerrada a polémica sobre a nomeação do procurador europeu, José Guerra, por considerar não existirem razões para alterar a sua escolha em detrimento da candidata portuguesa preferida pelo júri internacional, Ana Carla Almeida, que tinha pedido esclarecimentos sobre os fundamentos dessa decisão. Na avaliação dos serviços jurídicos, os erros factuais numa carta sobre o currículo de José Guerra “não afetaram a escolha e a substância da decisão” do Conselho. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Nuno Melo disponível para ser candidato à liderança do CDS em 2022

Considerando que a situação em que o partido se encontra está a “arrastar” o mesmo “para o fundo”, Nuno Melo apresentou-se como disponível para “assumir as rédeas” do CDS, mas apenas no ano de 2022. O eurodeputado defende ter capacidade para promover uma união interna no CDS, destacando a necessidade de se curar certas “feridas” com mais de duas décadas. Ainda que não se oponha à realização de um congresso antecipado para promover a escolha de um novo Presidente, diz que não passa pelas suas intenções reforçar essa ideia. Leia a notícia completa na Renascença (acesso livre)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Máscaras, procurador europeu e CDS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião