Zenklub capta sete milhões em ronda da Série A. Quer expandir na América latina

Depois de, em maio passado, ter fechado uma ronda seed de 2,6 milhões, a plataforma de bem-estar mental volta a levantar investimento para crescer no segmento empresarial e em toda a América latina.

Menos de um ano depois da ronda seed de 2,6 milhões de euros e, em pleno ano de pandemia, a plataforma de bem-estar mental Zenklub acaba de fechar nova ronda de financiamento em Série A, no valor de sete milhões de euros. Liderada pela brasileira Tarpon e pela portuguesa Indico Capital Partners, a ronda servirá para a empresa com sede em Lisboa aumentar a penetração no mercado brasileiro, apostando no segmento empresarial no país e, ainda, para preparar a expansão do negócio para o resto da América latina.

“Este aumento de capital vai permitir-nos captar o crescimento explosivo do mercado e cimentar ainda mais a nossa solução como líder de mercado. Também levará a Zenklub a outro nível em termos de desenvolvimento de soluções baseadas em dados, soluções que os nossos clientes necessitam, e possibilitará a formação dos profissionais que atendem o utilizador final. Em última análise, a experiência para o utilizador será mais personalizada e aumentará o desenvolvimento emocional e o apoio prestado”, assinala Rui Brandão, cofundador e CEO da Zenklub, citado em comunicado.

Fundada em 2016, a Zenklub criou uma plataforma online que permite que qualquer pessoa aceda a consultas online e apoio ao bem-estar emocional. Entre 2019 e 2020, a empresa viu o número de clientes aumentar 515%, e facilitou mais de 50 mil consultas online mensais através da sua plataforma, que conta com mais de 800 profissionais entre psicólogos, terapeutas e psicanalistas.

Atualmente, a startup trabalha com departamentos de recursos humanos de mais de 200 empresas, “um crescimento de 1.683% comparativamente a 2019″, assinala a empresa. “A pandemia pôs em evidência um problema antigo que não era reconhecido pela sociedade. O bem-estar mental foi estigmatizado e mal compreendido e as suas implicações pessoais e profissionais gerais não foram totalmente reconhecidas. Encontrámos na Zenklub uma oportunidade de resolver um problema global que custa à economia global mais de 1 trilião de dólares por ano”, sublinha Pedro Faria, cofundador da SK Tarpon. Já para Stephan Morais, presidente da Indico Capital Partners, o primeiro fundo a investir na Zenklub em 2019, “o crescimento exponencial da Zenklub mostra que há uma grande necessidade por colmatar. As pessoas estão a sofrer globalmente com grandes desafios de saúde, pessoais e económicos”.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país do mundo com o maior índice de transtornos de ansiedade e o quinto maior índice de casos de depressão. Em 2020, globalmente havia mais de 260 milhões de pessoas que sofriam de ansiedade e mais de 320 milhões enfrentavam depressão sendo que a maioria delas não está em tratamento ou não conta com apoio formal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Zenklub capta sete milhões em ronda da Série A. Quer expandir na América latina

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião