Dona da Nowo vai dar crédito pessoal da Cetelem em Espanha

Depois de passar a dar financiamento para a compra de dispositivos móveis, a MásMóvil vai também dar crédito pessoal até 60 mil euros. Dona da Nowo não descarta pedir licença bancária no futuro.

A dona da Nowo continua a dar provas das suas ambições de crescimento. Numa altura em que se sabe que pode estar a negociar a compra da Vodafone em Portugal e Espanha, a MásMóvil acaba de lançar uma incursão no setor bancário, passando agora a conceder crédito no mercado espanhol, aliada à Cetelem.

Através da marca MoneyGo e Yoigo, o grupo passou a oferecer créditos pessoais entre 3.000 e 60.000 euros com prazos dos três meses aos oito anos e TAE de 5,06%, sem comissões de abertura. O processo de concessão é totalmente digital, mas a empresa não quer ficar por aqui, revelam os jornais Cinco Días e El Confidencial.

O objetivo da telecom espanhola é mesmo o de vir a oferecer, também, crédito à habitação, contas corrente e cartões de débito. E não descarta vir mesmo a solicitar uma licença bancária no futuro. Ao abrigo da parceria com a Cetelem, que dura desde 2017, a empresa já emitiu 130 mil cartões de crédito e já financiou a compra de 700 mil dispositivos móveis.

Preços do novo leilão de 5G em Espanha “10 vezes mais altos” que em Portugal

A MásMóvil está ainda interessada no novo leilão de frequências de quinta geração que deverá arrancar em Espanha a 22 de fevereiro, envolvendo a venda dos últimos 20 MHz disponíveis na faixa dos 3,5 GHz. Isto apesar das dificuldades.

Meinrad Spenger, presidente executivo da dona da Nowo, afirma que gostaria que os preços de reserva fossem mais baixos, pois são “10 vezes mais altos do que os de Portugal”. O gestor queria ainda menos obrigações de cobertura.

A MásMóvil terá adquirido espetro no leilão de 5G português, na fase para “novos entrantes”, esperando-se que construa uma rede 4G em Portugal. A fase principal do leilão promovido pela Anacom ainda está em curso.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dona da Nowo vai dar crédito pessoal da Cetelem em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião