Antas da Cunha lidera imobiliário e retalho no TTR

Sociedade posicionou-se em dois dos setores mais ativos da nossa economia: imobiliário e distribuição & retalho (dados TTR - Transactional Track Record).

A Antas da Cunha Ecija acaba de anunciar que, apesar de, em 2020, comparativamente a 2019, o número de transações de M&A em Portugal ter sofrido um ligeiro decréscimo, a sociedade posicionou-se em dois dos setores mais ativos da nossa economia: imobiliário e distribuição & retalho (dados TTR – Transactional Track Record).

Segundo Fernando Antas da Cunha, Managing Partner da Antas da Cunha Ecija: “Num ano marcado pela pandemia global decorrente da crise sanitária provocada pela Covid-19, em que muitas empresas foram obrigadas a suspender de forma abrupta os seus gastos e onde a impossibilidade de viajar muito contribuiu para uma diminuição significativa do investimento direto estrangeiro em Portugal, estes são dados que nos enchem de orgulho”. E acrescenta: “Apesar de todas as incertezas, estamos otimistas relativamente a 2021”.

A Antas da Cunha Ecija é uma sociedade de advogados internacional que presta serviços integrados com um foco especial no direito digital.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Antas da Cunha lidera imobiliário e retalho no TTR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião