Ironhack oferece 20% de desconto às mulheres que se inscrevam nos bootcamps. Quer ver mais talento feminino no setor tecnológico

A escola vai oferecer 20% de desconto a todas as mulheres que se inscreverem nos bootcamps de web development, UX/UI, data analytics e cybersecurity, entre os dias 8 e 12 de março.

A Ironhack quer sensibilizar para a ainda pouca presença de talento feminino na área tecnológica e, ao mesmo tempo, incentivar a sua participação. Para isso, e aproveitando o mês em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, a escola vai oferecer 20% de desconto, em Lisboa, a todas as mulheres que se inscreverem nos bootcamps de web development, UX/UI, data analytics e cybersecurity, entre os dias 8 e 12 de março.

Na mesma semana, a escola de tecnologia promove também o evento global “Women in Tech Week”, que conta com 13 talks gratuitas, nas quais convidadas de entidades como a Google, o Parlamento Europeu ou o CERN partilharão a sua experiência na área. Além disso, o evento conta também com dois workshops, um sobre UX/UI e outro sobre data, para as mulheres que estão a pensar entrar no mundo da tecnologia.

“No dia 9 de março, o evento local contará com as participações da eurodeputada Maria Manuel Leitão, e de Cláudia Mendes Silva, da Siemens, que falarão sobre como encontrar os mentores certos em Portugal para conhecer melhor o ecossistema de tecnologia português. (…) Por sua vez, Elizaveta Ragozina, engenheira de software do CERN e ex-aluna da Ironhack, abordará o tema ‘Encontrar um trabalho em tech’. Outros tópicos como ‘Iniciativas para capacitar as mulheres na tecnologia’ ou ‘Começar e manter uma carreira em tecnologia sendo mulher’ serão abordados nos dias 8 e 10, respetivamente”, avança a escola em comunicado. Para obter mais informações sobre a programação e convidados, pode aceder a este link.

Embora existam cada vez mais profissionais mulheres na área, dados de 2018 do Eurostat mostram que mais de 80% dos lugares em empresas tecnológicas são, ainda, ocupados por homens. Já um estudo do mesmo ano da Women in Tech – Global Movement afirma que, em Portugal, apenas 16% dos empregos na área são ocupados por mulheres. A Ironhack pretende criar condições para que mais mulheres entrem numa área em rápido crescimento e com baixas taxas de desemprego.

Queremos mostrar como a área tecnológica não é exclusiva para homens e promover a diversidade num setor que precisa de talento especializado, urgentemente.

Munique Martins

Responsável pelo campus da Ironhack de Lisboa

“Na maioria dos nossos bootcamps, ainda sentimos uma grande lacuna de alunas, sendo que a área de UX/UI é aquela onde têm maior representatividade. Como tal, queremos mostrar como a área tecnológica não é exclusiva para homens e promover a diversidade num setor que precisa de talento especializado, urgentemente”, começa por afirmar Munique Martins, responsável pelo campus da Ironhack de Lisboa, em comunicado. “Independentemente do seu percurso, na Ironhack terão a oportunidade de aprender competências novas e extremamente valorizadas para uma carreira de sucesso na área da tecnologia”, remata.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ironhack oferece 20% de desconto às mulheres que se inscrevam nos bootcamps. Quer ver mais talento feminino no setor tecnológico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião