Fundação Champalimaud é a quarta melhor do mundo em inteligência artificial

  • ECO e Lusa
  • 5 Março 2021

O top 10 mundial definido pela revista científica Nature inclui as mais prestigiadas instituições de países como Alemanha, EUA, Holanda, Espanha ou Reino Unido.

A Fundação Champalimaud é a quarta melhor instituição sem fins lucrativos na área da inteligência artificial (IA) em todo o mundo, de acordo com um ranking da revista científica Nature. A investigação portuguesa está assim no topo mundial, o que “é um orgulho para Portugal” e um “reconhecimento do mérito e da excelência da investigação”, segundo afirma Leonor Beleza, presidente da instituição, ao Diário de Notícias (acesso livre).

O top 10 mundial definido pela Nature inclui as mais prestigiadas instituições de países como Alemanha, EUA, Holanda, Espanha ou Reino Unido. O ranking foi definido com base na utilização do conhecimento do cérebro aplicada a modelos matemáticos avançados e teve em conta o número de publicações na área da IA, bem como colaborações internacionais.

“A Fundação Champalimaud apresenta a maior concentração de grupos a trabalhar em neurociência computacional em Portugal. O trabalho que tem sido desenvolvido ao serviço da ciência, com recurso às metodologias mais avançadas, com equipamentos únicos, é com certeza determinante para a obtenção deste resultado de que nos orgulhamos muito“, diz Leonor Beleza ao DN.

António Costa saúda Fundação Champalimaud

O primeiro-ministro saudou, esta sexta-feira, numa mensagem transmitida na sua conta pessoal na rede social Twitter, a Fundação Champalimaud por esta conquista, considerando que aquela distinção “prestigia Portugal e honra a ciência portuguesa”.

“Demonstra que a aposta no conhecimento científico e no desenvolvimento do saber através da ciência e da inovação é o caminho certo para competirmos com os melhores à escala global“, defende.

Na mesma mensagem, o primeiro-ministro assinala que, no ano passado, “Portugal passou ao grupo dos países fortemente inovadores, de acordo com o European Innovation Scoreboard” (EIS 2020).

“Mais um passo dado para consolidarmos este desafiante caminho”, acrescenta.

Marcelo também endereça as suas felicitações

O quarto posto detido pela Fundação Champalimaud na classificação da revista científica Nature levou, também, o Presidente da República a felicitar a instituição. Numa nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa “felicita a Fundação Champalimaud e a sua presidente, Leonor Beleza” por este lugar de destaque no ‘ranking‘ da “prestigiada revista”.

“É com muito orgulho que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa congratula a Fundação Champalimaud pela distinção que honra Portugal, e pelo trabalho que tem desenvolvido ao serviço da ciência ao longo dos anos, demonstrando a importância da ciência na maneira como vivemos e trabalhamos“, lê-se na mesma nota.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, a classificação pela revista Nature “é um feito que reflete a excelência e a liderança internacional da investigação feita pelos cientistas da Fundação Champalimaud, em que os conhecimentos do cérebro são aplicados a modelos matemáticos avançados”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundação Champalimaud é a quarta melhor do mundo em inteligência artificial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião