Liberty adota trabalho remoto em definitivo com 660 euros de subsídio anual por colaborador

  • ECO Seguros
  • 11 Março 2021

A companhia já tinha mais de dois mil funcionários em teletrabalho na Europa. Agora o modelo de trabalho remoto é definitivo, permitindo aos colaboradores de 4 países trabalharem de qualquer lugar.

Sob o lema Liberty, Best Place to Be, o CEO da Liberty para o mercado europeu, anunciou aos dois mil colaboradores da seguradora em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte que, a partir de agora, “de forma definitiva, vão trabalhar a partir de qualquer lugar, seguindo um modelo de trabalho remoto”.

A empresa dará aos colaboradores a “opção de passar até dois dias por semana no escritório, assim que a pandemia passar, para realizar atividades específicas ou reuniões presenciais.” Adotando a digital way, a companhia melhora também as condições laborais dos colaboradores, uma vez que estes vão receber adicionalmente 660 euros brutos por ano, para cobrir despesas.

“Esta é uma decisão em linha com a nossa identidade e valores e que tem em conta as necessidades de conciliação da vida pessoal e profissional dos nossos colaboradores. Além disso, é mais um passo no modelo de negócio na cloud, no qual já estamos a trabalhar e que estará totalmente operacional em 2024”, explica Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty Europa.

“É uma resposta aos desejos dos colaboradores. Através de um inquérito para avaliar a experiência de trabalho, constatámos que 93% dos colaboradores afirmam não querer voltar ao modelo de trabalho em vigor antes da pandemia. Queremos antecipar o futuro pondo as pessoas em primeiro lugar, aumentado a eficiência e atendendo às expectativas de flexibilidade dos melhores talentos do mercado. Assim, quem trabalha na Liberty pode viver onde preferir”, acrescentou.

Além dos 55 euros mensais adicionais para cobrir despesas relacionadas com a atividade, os funcionários da companhia “vão manter outros benefícios como o subsídio de alimentação, explicou a empresa às equipas, através do seu canal na plataforma Youtube.

A adoção definitiva do modelo de trabalho remoto é uma decisão que a Liberty “já estava a estudar antes da chegada da COVID-19 e que significa um salto para um modelo de trabalho atualizado que se adapta melhor aos estilos de vida do presente e do futuro,” indica a seguradora que, em janeiro, já tinha 100% das equipas em teletrabalho.

Em julho de 2020, a Liberty anunciou um investimento de 100 milhões de euros para criar um ecossistema tecnologicamente revolucionário para reinventar o seu modelo de negócio na cloud.

Beatriz Ortega, responsável pela área de Employee Experience da Liberty complementou: “as pessoas estão em primeiro lugar no nosso projeto e esta é a prova disso. Por isso, trabalhámos em conjunto com os nossos colaboradores para criar um novo modelo de trabalho que seja coerente com a nossa estratégia”.

Presente no mercado português desde 2003,
a Liberty Seguros é a maior operação do grupo Liberty Mutual fora dos EUA, integrando os negócios em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte sob a mesma estrutura legal (Liberty Europe). O Liberty Mutual Group, fundado em 1912, com sede em Boston, é o sexto grupo de seguros Não Vida nos EUA, com mais de 45.000 colaboradores distribuídos em 29 países.

Notícia atualizada às 19h, com mais informação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Liberty adota trabalho remoto em definitivo com 660 euros de subsídio anual por colaborador

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião