Portugueses guardam mais de 95 milhões de euros… em escudos

Foi há quase duas décadas que o euro foi introduzido em Portugal. Contudo, os portugueses ainda têm na sua posse 95,3 milhões de euros em escudos e que podem trocar no Banco de Portugal.

Foi há quase 20 anos, a 1 de janeiro de 2002, que as notas de euro começaram a ser introduzidas nos bolsos dos portugueses. Desde então o banco central tem estado a recolher as notas de escudo. Ainda assim, quase duas décadas depois, ainda há 95,3 milhões de euros em escudos que ainda não foram trocados.

Embora até final de maio de 2002 tenha sido recolhido 95% do valor total das notas de escudo em circulação em 31 de dezembro de 2001, muitas notas de escudo continuam nas mãos dos portugueses.

No final do ano, continuavam em posse do público 11,4 milhões de notas de escudo ainda não prescritas, no valor de 95,3 milhões de euros”, destaca o Banco de Portugal no Relatório de Emissão Monetária de 2020 divulgado esta quarta-feira.

Deste montante, 35% correspondia a notas de cinco mil escudos (que valem cerca de 25 euros, sem contar com efeito da inflação).

Em 2020, o Banco de Portugal trocou 24.217 notas de escudo de todas as denominações, no valor de 404 mil euros, uma redução de 32% em quantidade e de 28% em valor.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugueses guardam mais de 95 milhões de euros… em escudos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião