5 coisas que vão marcar o dia

Parlamento ouve banca e Deco sobre extensão das moratórias e as auditoras EY e Deloitte no inquérito ao Novo Banco. Banco de Portugal apresenta relatório sobre evolução do crédito.

O Parlamento ouve a Associação Portuguesa de Bancos (APB) e a Deco sobre a proposta de prolongamento das moratórias. Auditoras EY e Deloitte também vão à Assembleia da República no âmbito do inquérito ao Novo Banco. O Banco de Portugal publica o Inquérito aos Bancos sobre o Mercado de Crédito e o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga a Síntese Económica de Conjuntura de março. A vacina da Janssen aumenta risco de coágulos? A EMA responde.

APB e Deco ouvidos sobre extensão das moratórias

A comissão de orçamento e finanças ouve a APB (15h00) e a Deco (16h30) sobre a proposta de prolongamento das moratórias em Portugal, que foi apresentada pelo PCP. A APB será representada por Faria de Oliveira e Catarina Cardoso, enquanto a Deco terá como representantes Natália Nunes e Vinay Pranjivan.

Deloitte e EY no inquérito ao Novo Banco

Prosseguem as audições no âmbito da comissão de inquérito às perdas do Novo Banco. Da parte da manhã será ouvido o partner da Deloitte João Gomes Ferreira. Pelas 15h00, será a vez do responsável da EY, António Filipe Brás, depor perante os deputados.

Como vai evoluir o crédito?

O Banco de Portugal publica o relatório regular sobre o Inquérito aos Bancos sobre o Mercado de Crédito. O documento contém as perspetivas do setor para a evolução dos empréstimos nos próximos meses, assim como faz uma análise dos últimos meses em termos de procura de crédito por parte de famílias e empresas.

EMA pronuncia-se sobre a vacina da Janssen

A Agência Europeia do Medicamento revela a conclusão da sua avaliação sobre a vacina contra a Covid-19 Janssen, depois de os EUA terem suspendido a vacinação com este medicamento por causa dos riscos de formação de coágulos.

Economia dá sinais positivos com desconfinamento?

O INE divulga a Síntese Económica de Conjuntura de março. Depois de o relatório de fevereiro ter dado conta de uma “redução expressiva da atividade económica” em janeiro e fevereiro por causa do confinamento, como evoluiu a atividade das empresas e a confiança das famílias no mês passado, quando o Governo deu início ao plano de reabertura gradual da economia?

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião