Boris Johnson sob investigação por obras na residência oficial

  • ECO
  • 28 Abril 2021

Remodelação terá custado 200 mil libras. Primeiro-ministro britânico insiste que pagou com o seu dinheiro e que não envolveu o Partido Conservador no assunto.

A Comissão Eleitoral britânica iniciou uma investigação esta quarta-feira sobre a remodelação do apartamento do primeiro-ministro, Boris Johnson, em Downing Street. Suspeitam que algum crime possa ter sido cometido, noticia a agência de notícias Reuters.

A oposição afirma que Boris Johnson pode ter quebrado as regras ao permitir que doadores do partido contribuíssem secretamente com dezenas de milhares de libras para uma remodelação de luxo da sua casa. No parlamento britânico o primeiro-ministro insiste que pagou todas as despesas do seu bolso e que não há nenhum dinheiro do partido envolvido, mas evitou responder se o fez apenas depois do escândalo surgir.

“Estamos convencidos de que há motivos ​​para suspeitar que um delito ou delitos possam ter ocorrido”, disse a Comissão Eleitoral sobre o financiamento do apartamento acima do número 11 da Downing Street, onde Johnson mora. “Portanto, continuaremos este trabalho como uma investigação formal para estabelecer se é esse o caso.”

Se encontrarem provas suficientes de um crime, a comissão pode emitir uma multa de até 20.000 libras ou encaminhar o caso à polícia.

Em causa está a remodelação do apartamento do primeiro-ministro britânico que terá custado 200 mil libras, mais 170 mil do que o subsídio anual recebido (com dinheiro dos contribuintes) para manter e mobilar a sua residência oficial. Este subsídio tem um valor de 30 mil libras e os custos acima disso terão de ser suportados pelo próprio e, em caso de empréstimo, teria de informar as entidades responsáveis, de acordo com as regras de financiamento político.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Boris Johnson sob investigação por obras na residência oficial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião