Visabeira e Mota-Engil lideram apoios de Bruxelas

  • ECO
  • 24 Maio 2021

Há sete portugueses dos 25 maiores "últimos beneficiários" de fundos europeus entre 2014 e 2020. Fernando Campos Nunes, dono da Visabeira, lidera a lista, seguido por António Mota, dono da Mota-Engil.

Na lista entre os 25 maiores “últimos beneficiários” de fundos europeus entre 2014 e 2020 estão sete portugueses. Fernando Campos Nunes, dono da Visabeira, lidera a lista com 76,6 milhões de euros, seguido por António Mota, dono da Mota-Engil, com 72,6 milhões, segundo o Jornal de Notícias (link indisponível).

Estes dois empresários portugueses estão em terceiro e quarto lugares a nível europeu numa lista encabeçada pelos Mittal, donos de várias metalurgias na Europa. Ao mesmo tempo, entre os lugares cimeiros estão ainda Rui Paulo Rodrigues, que detém a Simoldes (51,5 milhões de euros), Mário Ferreira, dono da Douro Azul (34 milhões) e Rui Correia, da Rumos Educação (29 milhões), respetivamente em sétimo, 16.º e 21.º lugares, tal como indica o estudo do Centre for European Policy Studies.

Além disso, entre os portugueses que elencam esta lista estão ainda Francisco Miguel, também da Rumos Educação, (29 milhões) e na 22.º posição, bem como Fernanda Amorim (27,4 milhões), em 24.º lugar. Este estudo olhou ainda para as organizações que mais receberam na qualidade de beneficiários diretos, sendo que nesse âmbito o IEFP foi, de longe, o que mais recebeu com 1,38 mil milhões recebidos, o que o coloca na 13.ª posição a nível europeu, de acordo com o mesmo jornal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Visabeira e Mota-Engil lideram apoios de Bruxelas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião