Eleições no Montepio vão ter voto online a partir de casa

Associados aprovaram mudanças no regulamento eleitoral. Lista A deixou de pertencer à candidatura da administração e letras passam a ser sorteadas. Votação poderá ser feita pelo site.

A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) vai a votos em dezembro. Foi preparado um regulamento eleitoral que mereceu muitas críticas. Esta quarta-feira à noite, os associados aprovaram em assembleia geral várias mudanças. Por exemplo, a lista A deixou de pertencer à candidatura institucional protagonizada pela administração, quebrando uma tradição de anos dentro da associação. Por outro lado, vai ser possível cada associado votar eletronicamente a partir de casa, no site da instituição.

Mais de 300 associados participaram na assembleia geral desta quarta-feira à noite, tendo votado apenas o ponto 2. Por aprovar ficam agora dois pontos de trabalho, a saber, o plano de orçamento e atividades para 2021 e as contas de 2020, que apuraram prejuízos de 18 milhões de euros. Já está agendada uma terceira reunião com os associados para o dia 9 de junho para avançar com estes dois pontos.

Em relação ao ponto 2, que acabou por dominar as cerca de três horas da assembleia geral, os associados manifestaram-se a favor de várias alterações à proposta de regulamento eleitoral que tinha sido preparada por uma comissão.

Entre as principais novidades introduzidas no novo regulamento eleitora está o facto de o conselho de administração perder a exclusividade da Lista A. A atribuição das letras às diferentes listas candidatas vai passar a ser feita por sorteio.

Foi também aprovado uma subvenção de 60 salários mínimos nacionais às candidaturas (pode ir até quase 40 mil euros), quando até agora os apoios eram definidos pelo conselho de administração.

Outro aspeto relevante: ficou esclarecido na assembleia geral que o associado poderá votar a partir de casa, podendo fazê-lo a partir do site da mutualista em www.montepio.org. Haverá várias soluções através do telemóvel, mantendo-se o voto por correspondência ou voto eletrónico na sede.

A ata final da votação vai passar a informar os resultados da votação por voto eletrónico e por correspondência, de acordo com as alterações que foram aprovadas.

Além disso, a mesa da assembleia geral deixa de ser a única a ter acesso ao processo das outras candidaturas. As listas poderão consultar os processos através do seu representante indicado, logo após a entrega das mesmas.

As eleições vão ter lugar em dezembro e perfilam-se três candidaturas, como revelou o ECO em primeira mão. O atual presidente da AMMG, Virgílio Lima, já adiantou ao ECO que vai apresentar uma lista, tendo revelado que já preparou a sua equipa para novo mandato de quatro anos.

O mais certo é que Virgílio Lima venha a ter a concorrência de mais duas listas concorrentes: uma protagonizada por Miguel Coelho, Fernando Ribeiro Mendes e um grupo de associados que concorreram em listas diferentes nas últimas eleições; está ainda a ser trabalhada uma terceira alternativa no seio de um grupo de quadros superiores do Montepio e que junta estes dois nomes: Pedro Alves e de Pedro Líbano Monteiro.

(Notícia atualizada às 17h31)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eleições no Montepio vão ter voto online a partir de casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião