EMA autoriza expansão da fábrica da Pfizer na Bélgica

A Agência Europeia dos Medicamentos recomendou a aprovação da expansão da fábrica em Puurs, na Bélgica, onde a Pfizer/BioNTech fabrica a vacina contra a Covid-19.

A fábrica de Puurs, na Bélgica, que produz as vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pela Pfizer/BioNTech vai expandir a sua capacidade de produção. A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) recomendou que a expansão fosse autorizada, sendo que a decisão final, com base na recomendação da EMA, cabe à Comissão Europeia.

Espera-se que a expansão tenha um “impacto significativo e imediato” no fornecimento na União Europeia da Comirnaty, o nome da vacina da Pfizer/BioNTech, de acordo com o comunicado da EMA divulgado esta terça-feira. A farmacêutica norte-americana disse em comunicado que a aprovação por parte das autoridades europeias irá ajudar na entrega de mais de 2,5 mil milhões de doses em 2021 e “potencialmente mais em 2022”.

Recentemente a Comissão Europeia fechou um acordo com a Pfizer para receber 1,8 mil milhões de doses da vacina contra a Covid-19 até 2023. O objetivo é vacinar grupos mais jovens da população e manter a imunidade da população face a novas ameaças de variantes do vírus. A União Europeia vai também doar parte das suas vacinas a países mais pobres.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EMA autoriza expansão da fábrica da Pfizer na Bélgica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião