Berardo entre os 25 maiores devedores da CGD investigados pela PJ

  • ECO
  • 2 Julho 2021

Investigação iniciada em 2016 pretende apurar quem foram os responsáveis pelos prejuízos de 1,2 mil milhões de euros no banco público.

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar em que circunstâncias os maiores devedores da Caixa Geral de Depósitos (CGD) causaram prejuízos de cerca de 1,2 mil milhões de euros ao banco público. De acordo com o Jornal de Notícias (acesso pago), vários bancários e empresários estão sob suspeita nesta lista de maiores devedores, sendo que Joe Berardo é um deles.

Em 2016, a PJ arrancou com um inquérito para investigar estes prejuízos na CGD, visando os 25 maiores devedores. Entretanto, a investigação alargou-se aos negócios ruinosos para o banco, de forma a apurar da existência de crimes. Eventuais favorecimentos na concessão dos empréstimos, sem garantias válidas, e posterior dissipação de bens destinada a evitar o pagamento das dívidas estão na mira das autoridades.

Nessa lista de maiores devedores estão sob suspeita bancários e empresários, incluindo Joe Berardo. À semelhança de Joe Berardo, outros empresários poderão ter montado esquemas de circulação de património para evitar penhoras de credores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Berardo entre os 25 maiores devedores da CGD investigados pela PJ

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião