Entrevista a Nuno Ferreira Lousa, sócio da Linklaters. Edição de julho/agosto da Advocatus já nas bancas

Na Advocatus de julho/agosto pode ler a entrevista ao sócio da Linklaters, Nuno Ferreira Lousa, e ainda especiais sobre o assédio nas firmas de advogados e o impacto do LinkedIn no setor.

Desde maio que Nuno Ferreira Lousa, sócio da Linklaters, é o responsável pelos dez escritórios Linklaters da Europa Continental, com exceção do da Alemanha e de Londres. O advogado dirige o departamento de resolução de litígios do escritório de Lisboa e lidera a prática de reestruturação e insolvência.

Em entrevista à Advocatus, o sócio nega que em 2021 tenha havido um aumento exponencial da área de insolvências nos escritórios mas que crescerá exponencialmente a partir do final de 2021 e, “com mais impacto”, em 2022. Alerta que os nossos juízes precisam de conhecimentos ao nível da economia e gestão, que os americanos estão de olho no mercado europeu da advocacia e que a faturação dos seus concorrentes, per si, não lhe interessa tanto mas sim a sua rentabilidade e portefólio de clientes.

Nuno Lousa, partner da Linklaters, em entrevista ao ECO/Advocatus - 09JUN21
Nuno Ferreira Lousa, sócio da LinklatersHugo Amaral/ECO

Desde 2016 que o número de inquéritos abertos pelo Ministério Público e acusações por assédio tem vindo a aumentar. Tanto a PLMJ como a Abreu Advogados asseguraram que nunca tiveram um caso de assédio reportado. Por outro lado, a Vieira de Almeida e a Morais Leitão revelaram que já aconteceram algumas situações que mereceram intervenção por parte da firma. A Advocatus foi perceber quais as boas práticas dentro dos escritórios de advogados e quantas denúncias já receberam.

A Advocatus foi compreender também o impacto do LinkedIn no setor da advocacia. Esta rede social é dedicada ao mundo profissional, onde as pessoas podem apresentar o seu percurso/currículo e as empresas podem crescer, ganhar visibilidade e até recrutar. No setor da advocacia o LinkedIn também tem ganhado grandes “adeptos” e somando escritórios que pugnam por uma comunicação próxima, autêntica e dinâmica. Entre os escritórios estrangeiros a operar em Portugal a Linklaters é aquele que soma o maior número de seguidores e das firmas portuguesas é a VdA.

Vasco Ataíde Marques, sócio coordenador da German Desk PLMJHugo Amaral/ECO

Vasco de Ataíde Marques é o advogado do mês desta edição. O sócio coordenador da German Desk da PLMJ confessou que o principal desafio inerente ao cargo é fazer a ponte entre a mentalidade alemã e a portuguesa. Assegura que o investimento alemão não baixou com a pandemia e que existem diferenças, mas também muitas semelhanças entre o mercado de advocacia português e alemão.

A RSN Advogados comemora 20 anos de existência e a Advocatus esteve à conversa com o sócio fundador José António da Silva Nogueira. Para o sócio, os profissionais de saúde estiveram na primeira linha do combate à pandemia e a advocacia foi a “logística” que permitiu que toda a “máquina” pudesse continuar a funcionar. Descubra todos os pormenores na rubrica sociedade do mês.

RSN Advogados

Os escritórios de advogados estão mais modernos e as firmas estão a reinventar as formas de trabalho. Se há duas décadas eram caracterizados por quatro paredes, secretárias, dossiês e pouco mais, atualmente detêm um novo sentido, o bem-estar dos trabalhadores. Desde exposições, acesso a zonas verdes, ar puro, luz natural direta até a estilos arquitetónicos inovadores, os espaços de trabalho dos advogados mudaram e hoje estão mais dinâmicos. A Advocatus esteve à conversa com Ana Silveira e Castro, arquiteta associada na OPENBOOK Architecture, responsável pelo espaço de muitas firmas.

A Advocatus de julho/agosto já se encontra nas bancas. Assine a revista aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Entrevista a Nuno Ferreira Lousa, sócio da Linklaters. Edição de julho/agosto da Advocatus já nas bancas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião